Últimas Notícias

Djokovic vence e estará na 10ª final de Australian Open

Foto: REUTERS/Jaimi Joy

 

A final masculina do Australian Open contará pela 10ª vez com a presença de Novak Djokovic em 2023. O sérvio venceu com autoridade mais uma vez e agora enfrenta o grego Stefanos Tsitsipas, em um duelo que vale além do primeiro lugar em Melborne, também a posição de nº 1 do ranking mundial. A partida está programada para ser realizada no domingo.

 

Djokovic chegou como favorito em sua chave de semifinal e apesar de um primeiro set tenso e um jogo bem equilibrado, ele deslanchou nos sets seguintes e avançou com tranquilidade para sua 33ª final de Grand Slam. O sérvio que já venceu o Australian Open por nove vezes, superou o norte-americano Tommy Paul, por 3 sets a 0, parciais de 7/5, 6/1 e 6/2 em 2h20 de partida. Djokovic vai em busca de seu 22º título de Grand Slam.

 

A final deste ano promete muito, já que o grego Stefanos Tsitsipas, atual número 4 do mundo, vai com tudo em busca de seu primeiro Grand Slam e também da liderança do ranking mundial. Tsitsipas chegou à decisão ao vencer um duelo muito equilibrado contra o russo Karen Khachanov por 3 sets a 1, em parciais de 7/6 (7-2), 6/4, 6/7 (6-8) e 6/3. Aos 24 anos, o grego espera uma história diferente de Roland Garros, dois anos atrás, quando chegou a liderar a final contra Djokovic por 2 sets a 0 e ainda assim foi superado pelo sérvio.

 

Nas duplas femininas, a principal dupla cabeça de chave do torneio chega à decisão perdendo apenas um set na competição.  Barbora Krejcikova e Katerina Siniakova, da República Tcheca, vão em busca do bi-campeonato do Australian Open, após superarem nas semifinais a dupla formada pela romena Elena-Gabriela Ruse e pela ucraniana Marta Kostyuk por sets diretos, parciais de 6/2 e 6/2. Na temporada passada, elas venceram o Australian Open, Wimbledon e US Open e são favoritas na disputa.

 

As adversárias de Krejcikova e Siniakova na final do próximo domingo será a dupla japonesa Shuko Aoyama e Ena Shibahara, que surpreenderam a dupla cabeça de chave nº 2 do torneio, as norte-americanas Coco Gauff e Jessica Pegula, em 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 7/6 (9-7). A dupla japonesa conta com a mescla da experiência de Aoyama, que está com 35 anos, e a juventude de Shibahara, com seus 24 anos. O título de um Grand Slam seria inédito para ambas tenistas.

 

A grande história deste dia 27 de janeiro na Austrália foi escrita ainda na noite do dia 26 no Brasil. Rafael Matos e Luisa Stefani conquistaram o título das duplas mistas no Australian Open (veja aqui). Eles superaram a dupla Sania Mirza e Rohan Bopanna, da Índia, por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7-2) e 6/2. Foi o primeiro título de Grand Slam de ambos os jogadores e Luisa é a primeira mulher brasileira a ter o título de um Grand Slam desde Maria Esther Bueno. A dupla Stefani/Matos também é a primeira dupla 100% brasileira a conquistar um Grand Slam.

 

O tênis brasileiro ainda conquistou dois vice-campeonatos no Australian Open 2023. Nas duplas juvenis, João Fonseca junto ao belga Alexander Blockx, foram superados pelos norte-americanos Learner Tien e Cooper Williams por sets diretos em duplo 6/4. Na final da quad, Ymanitu e o sul-africano Donald Ramphadi foram superados por Sam Schroder e Niels Vink,dos Países Baixos, principais favoritos da competição, que venceram por 2-0, parciais de 6/1 e 6/3. 


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar