Últimas Notícias

Chefe do Comitê Olímpico Russo diz que atletas russos devem competir sem restrições

Bandeira russa ainda é incerteza em Paris-2024 (Foto: Fabrice Coffrini/AFP)



O chefe do Comitê Olímpico Russo (ROC), Stanislav Pozdnyakov, disse nesta terça (31) que os atletas russos devem competir sem restrições, igual aos atletas de outros países nos Jogos de Paris-2024. A informação foi divulgada por agências russas de notícia. 

"Os russos devem participar nas mesmas condições de todos os outros atletas. Qualquer outra condição ou critério não será bem vinda, especialmente se tiver tons políticos, o que é completamente inaceitável para o movimento olímpico", disse Pozdnyakov. 

Recentemente, o COI (Comitê Olímpico Internacional) disse estar vendo jeitos de atletas russos estarem em Paris, sendo a hipótese mais provável, de competir com a bandeira neutra. A Ucrânia já se posicionou contra e busca apoio. O governo ucraniano, chegou a falar que com essa ideia, o COI estaria promovendo a guerra.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, chegou a convidar o presidente do COI, Thomas Bach, a visitar uma das linhas de frente da guerra. 

Desde o início da guerra, Rússia e Belarus estão banidas pelo COI e pela maioria das federações esportivas, que não permitem atletas de ambos os países e também proíbem a realização de eventos internacionais nas duas nações.

Atualização de 31/01 às 15h58:

O COI emitiu uma nota afirmando que as sanções contra os governos da Rússia e de Belarus não são negociáveis e que foram confirmada de forma unânime na última assembleia feita pela entidade em 9 de dezembro. 

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar