Últimas Notícias

Brasil faz 3 em cima da Argentina e se classifica para a fase final do Sul-Americano sub-20

Ao centro, com a camisa 11, Guilherme Biro comemora o gol com o resto da seleção (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

 
A seleção brasileira sub-20 venceu hoje (23) a Argentina por 3 a 1 no Estádio Pascual Guerrero, em Cali (COL) em jogo válido pelo grupo A e se garantiu no hexagonal final do Sul-Americano sub-20. Guilherme Biro, Andrey (eleito melhor em campo) e Vitor Roque marcaram para o Brasil e González descontou para os argentinos.

Se classificam para o hexagonal, os três primeiros de cada grupo e como Peru e Argentina só alcançam seis pontos, a seleção não tem como sair do G3, sendo atualmente a segunda colocada. Pelo mesmo grupo, o Paraguai venceu o Peru por 1 a 0 e está na liderança com sete pontos. 

A Argentina entrou no jogo, querendo se recuperar da derrota por 2 a 1 na estreia e tinha como destaque o meia Perrone, novo reforço do Manchester City, mas acabou dominado pelo Brasil.


O jogo

A seleção argentina foi quem teve a primeira oportunidade de perigo em cobrança de falta de Aguirre e defesa e dois tempos de Mycael. Mas foi o Brasil quem abriu o placar aos sete minutos, após chute cruzado de Marlon Gomes, defendido pelo goleiro argentino e Biro marcou no rebote.

Três minutos depois, Andrey bateu de fora da área sem muita força e Gerth defendeu com um pouco de dificuldade. Aos 16, a Argentina chegou mais uma vez com Aguirre, que cabeceou por cobertura e a bola explodi no travessão.

Com 24 minutos, Fernandez saiu cara a cara com o goleiro Mycael, que acabou cometendo pênalti no argentino. Infantino foi para cobrança e bateu a meia altura no meio do gol para defesa do goleiro brasileiro.

Mycael defendendo o pênalti de Infantino (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Depois de um tempo sem grandes emoções, Andrey marcou aos 35, após roubada de bola e driblar dois argentinos, para chutar no canto direito do goleiro Gerth.

A primeira chance da segunda etapa foi argentina com chute de canhota de Perrone defendido por Mycael. Aos 14, o goleiro saiu mal em cruzamento e por pouco, Castro não diminuiu após cabeceio.

Já no final da partida, o Brasil conseguiu um pênalti após Vitor Roque roubar a bola em recuo mal feito e ser derrubado. O próprio Vitor foi para a cobrança e mandou no meio do gol, enquanto Gerth havia pulado para esquerda. Aos 44, González aproveitou cobrança de falta de Paz e desviou de cabeça para diminuir o placar.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar