Yulimar Rojas quebra o recorde do campeonato e leva o tricampeonato no salto triplo do Mundial de Atletismo


A venezuelana Yulimar Rojas mostrou que é imbatível e ganhou na segunda-feira (18) o ouro no salto tripo feminino do Mundial de Atletismo, que está sendo realizado em Eugene (USA).

Rojas, campeã olímpica em Tóquio, chegou ao tricampeonato mundial com a marca de 15.47m, novo recorde do campeonato. A jamaicana Shanieka Ricketts (14.89m) ficou com a prata e a estadunidense Tori Franklin (14.72m) levou o bronze.

No salto em altura masculina, o catari Mutaz Barshim foi o campeão, com 2.37m, seguido pelo sul-coreano Woo Sang-hyoek (2.35m) e pelo ucraniano Andriy Protsenko (2.33m).

Bicampeã olímpica, Nafissatou Thiam ganhou o heptatlo com 6947 pontos. A neerlandesa Anouk Vetter ficou com a prata (6867 pontos) e a estadunidense Anna Hall (6755 pontos) levou o bronze.

O marroquino campeão olímpico Souffiane El Bakkali foi o vitorioso nos 3000m com obstáculos, ao ganhar com o tempo de 8:25.13. A segunda colocação ficou com o etíope Lamecha Girma (8:26.01) e em terceiro o queniano Consesius Kipruto, com 8:27.92.

Nos 1500m feminino, a queniana Faith Kipyegon ganhou o título com 3:52.96. A etíope Gudaf Tsegay levou a prata com 3:54.52 e a britânica Laura Muir completou o pódio, com o tempo de 3:55.28.

Já na maratona feminina, a etíope Golytom Gebreslase cruzou a linha de chegada em primeiro, com 2 horas 18 minutos e 11 segundos, novo recorde do campeonato. Judtih Korir, do Quênia, foi a segunda colocada com 2 horas 18 minutos e 20 segundos e a israelense Lonah Salpeter ficou terceiro, com 2 horas 20 minutos e 18 segundos.

Foto: Lucy Nicholson 

Postar um comentário

To Top