Shelly-Ann Fraser-Pryce é pentacampeã nos 100m feminino; Crouser leva o arremesso de peso


O domingo (17) a noite no Mundial de Atletismo, que está sendo disputado em Eugene (USA), foi marcado pelo penta da jamaicana Shelly-Ann Fraser-Pryce nos 100m feminino e pelo inédito título do estadunidense Ryan Crouser no arremesso de peso masculino.

Nos 100m feminino, a Jamaica fez a trifeta no pódio. Fraser-Pryce mostrou que é a dona dos mundiais e venceu com o tempo de 10.67s, novo recorde do campeonato, alcançando o quinto título no evento. Os outros foram em 2009, 2013, 2015 e 2019.

A prata foi para Shericka Jackson (10.73s) e o bronze para Elaine Thompson-Herah (10.81s).

No arremesso de peso masculino, o estadunidense Ryan Crouser finalmente venceu o primeiro título mundial, com a marca de 22.94m, recorde do campeonato. O conterrâneo Joe Kovacs foi prata (22.89m) e completando o pódio 100% dos EUA, Josh Awotunde ficou em terceiro com 22.29m.


A campeã olímpica em Tóquio, a estadunidense Katie Nageotte, levou o salto com vara feminino com a marca de 4.85m. No desempate com a compatriota Sandy Norris, que chegou a mesma altura, Nageotte levou vantagem por ter alcançado a marca com menos tentativas: 1 contra 2 de Norris.

O bronze foi para a australiana Nina Kennedy, com 4.80m.

Nos 110m com barreiras, a prova foi bem atípica. O jamaicano Hansle Parchment se machucou enquanto se preparava para a final, e o estadunidense Devon Allen foi desqualificado por queimar a largada. Assim, o ouro foi para o também estadunidense Grant Holloway, com 13.03s. O compatriota Trey Cunningham levou a prata com 13.07s e o espanhol Asier Martinez levou o bronze, com 13.17s.

Foto: REUTERS/Aleksandra Szmigiel
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top