Renan Dal Zotto convoca os 15 atletas que disputarão o Mundial na Polônia e Eslovênia

 

Wallace é o destaque da lista após declarar aposentadoria da seleção depois das Olimpíadas de Tóquio. (Foto: Wallace Souza/Instagram)

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou nesta terça-feira (26), os 15 atletas que representarão o Brasil no Campeonato Mundial sediado na Polônia e Eslovênia entre os dias 26 de agosto e 11 de setembro. Vinte e quatro seleções disputarão o título, divididos em seis grupos.

O Brasil está no Grupo B e enfrentará Japão, Cuba e Catar na primeira fase. Os dois melhores de cada grupo e os quatro melhores terceiros se classificam para a fase final.

Após a amarga derrota na Liga das Nações, Renan Dal Zotto buscou uma peça fundamental para a seleção, que havia declarado a aposentadoria após os Jogos Olímpicos de Tóquio: o oposto Wallace. Aos 35 anos, o jogador do Cruzeiro tinha passado a se dedicar somente ao clube e para ficar mais tempo com a família. Felipe Roque também retorna ao elenco após romper o ligamento do joelho direito na Liga das Nações em 2021. 

Lista de Convocados:

Líberos
Maique (Fiat/Gerdau/Minas)
Thales (Chaumont Volley-Ball 52)

Levantadores
Bruninho (Modena Volley) 
Fernando Cachopa (Vero Volley Monza)

Centrais
Lucão (Sada Cruzeiro)
Flávio (Sir Safety Umbria Volley)
Isac (A.S. Volley Lube Civitanova) 
Leandro Aracaju (Tours Volley Ball)

Opostos 
Darlan (SESI-SP)
Felipe Roque (Vôlei Renata)
Wallace (Sada Cruzeiro)

Ponteiros
Adriano (Vôlei Renata) 
Leal (Pallavolo Piacenza)
Lucarelli (Pallavolo Piacenza)
Rodriguinho (Sada Cruzeiro) 



Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024 Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco! Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo. Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!
To Top