Judocas brasileiros conhecem adversários no Grand Prix de Zagreb


A Federação Internacional de Judô (IJF0 divulgou, nesta quinta-feira (14), o chaveamento do Grand Prix de Zagreb, na Croácia, que começa nesta sexta e segue até domingo. O evento distribuirá pontos valiosos para o ranking mundial sênior e sucede o Grand Slam de Budapeste, realizado na última semana, onde o Brasil subiu ao pódio com Rafaela Silva (prata), Mayra Aguiar (bronze) e Guilherme Schimidt (ouro). Os três estarão em ação novamente em Zagreb.

Em 2022, a seleção brasileira ganhou duas medalhas no Grand Prix de Almada, em Portugal, que foi o único do ano até agora. Rafaela Silva derrotou a holandesa Pleuni Cornelisse e garantiu o ouro, enquanto Maria Portela (70kg) ficou com o bronze após vencer a sul-coreana Heeju Han.

O Grand Prix rende aos campeões de cada categoria 700 pontos no ranking mundial. Os segundos colocados ganham 490 e os terceiros 350.

A seleção brasileira contará com 23 judocas, sendo 13 homens e 10 mulheres.

Na sexta-feira (15), primeiro dia de competição, lutam as categorias 48kg, 52kg, 57kg, 60kg e 66kg. No sábado, é a vez de 63kg, 70kg, 73kg e 81kg. Já no domingo, os pesos 78kg, +78kg, 90kg, 100kg e +100kg fecham o evento.

A transmissão ao vivo será pelo site da Federação Internacional de Judô, gratuitamente. Na sexta-feira, as lutas preliminares acontecem a partir das 4h (horário de Brasília), e no sábado e domingo, a partir das 5h. Em todos os dias de competição, as disputas por medalhas terão início sempre às 12h. Os resultados em tempo real serão divulgados no Twitter oficial da CBJ (@JudoCBJ).

Confira abaixo os primeiros desafios da equipe em Zagreb:

Sexta-feira (15/07)

Na primeira rodada, Amanda Lima (48kg) estreia contra Laura Martinez Abelenda, da Espanha, e Maria Taba (52kg) encara Gultaj Mammadaliyeva, do Azerbaijão. Pela segunda rodada, Jéssica Lima (57kg) estreia contra Jana Ziegler, da Alemanha, e Rafaela Silva (57kg), prata no Grand Slam de Budapeste, encara a mongol Ichinkhorloo Munkhtsedev.

Já no masculino, pela primeira rodada, Allan Kuwabara (60kg) enfrenta Lionel Schwander, da Suiça, e Matheus Takaki (60kg) encara o italiano Diego Rea. Pela segunda rodada, Willian Lima (66kg) aguarda o vencedor do confronto Adrian Nieto Chinarro (ESP) x Maxime Gobert (FRA) e Eric Takabatake (66kg) estreia contra Sod-Erdene Gunjinlkham, da Mongólia.

Sábado (16/07)

Tamires Crude (63kg) estreia contra a dinamarquesa Helene Christensen; Luana Carvalho (70kg) enfrenta Nodira Yuldasheva, do Uzbequistão, e Maria Portela (70kg) luta com a mongol Enkhchimeg Tserendulam. Na segunda rodada, Ketleyn Quadros (63kg) aguarda o resultado de Sarai Padilla Guerrero (ESP) x Flavia Favorini (ITA).

No masculino, Daniel Cargnin (73kg) enfrenta Enzo Gibelli, da França, e Vinicius Panini (81kg) pega o português João Fernando. Na segunda rodada, Pedro Medeiros (73kg) aguarda o vencedor de Sulaiman Hamad (KSA) x Wiktor Mrowczynski (POL) e Guilherme Schimidt (81kg), campeão em Budapeste, terá o adversário definido através do confronto Khalil Rebahi (QAT) x Nicolas Yonezuka (EUA).

Domingo (17/07)

Giovanna Santos (+78kg), que é estreante em competições internacionais, luta com a turca Kubranur Esir na primeira rodada, enquanto Mayra Aguiar (78kg), bronze em Budapeste, estreia nas oitavas de final contra a francesa Chloe Buttigieg.

Já no masculino, André Humberto (100kg) luta com Kacper Szczurowski, da Polônia, na primeira rodada. Na segunda, Rafael Macedo (90kg) aguarda o resultado de Roy Sivan (ISR) x Omer Aydin (TUR); Luanh Rodrigues (90kg) encara o francês Francis Damier; André Humberto (100kg) luta com Kacper Szczurowski, da Polônia; Rafael Buzacarini (100kg) aguarda o vencedor de Alexis Esquivel (MEX) x Jonghoon Won (KOR); e Rafael Silva (+100kg), o Baby, pega o marroquino Zouhair Esseryry.

Foto: CBJ/Divulgação

Postar um comentário

To Top