Inglaterra vira sobre Espanha na prorrogação e avança para as semis da Euro Feminina

Inglaterra vira na prorrogação e avança para as semifinais da Euro Feminina 2022. (Foto: divulgação/@Lionesses)

Inglaterra e Espanha se enfrentaram nesta quarta (20) o Brighton & Hove Community Stadium, em grande jogo válido pela primeira partida das quartas de final da Eurocopa Feminina 2022. As inglesas precisaram superar uma Espanha consistente, que anulou durante quase toda a partida as maiores qualidades britânicas. Um empate aos 38 do segundo tempo garantiu a ida para a prorrogação, período em que a Inglaterra foi superior e conseguiu virar, fazendo 2 a 1 e avançando para as semifinais. 

As anfitriãs do torneio chegaram a este jogo com um favoritismo vindo de sua excelente campanha. A equipe de Sarina Wiegman se classificou como primeira colocada do grupo A, vencendo os três jogos disputados, com um poderoso ataque de 14 gols marcados e uma defesa de nenhum sofrido. Já a Espanha tinha avançado como segunda colocada do grupo B, com duas vitórias e uma derrota, além de cinco gols marcados e três sofridos. 

Enquanto a Inglaterra chegou às quartas como uma equipe de jogo intenso, vertical e agressivo, a Espanha avançou após uma primeira fase marcada pela grande posse de bola e ausência de objetividade em buscar o gol. 

1º Tempo

O primeiro tempo foi tático. A Espanha conseguiu anular as jogadas verticais inglesas, fechando bem as laterais do campo e impedindo que o time da casa chegasse a sua meta. A estratégia deu certo: na primeira etapa, a Inglaterra só finalizou uma vez e nem sequer deu trabalho para a goleira Paños. 

Se a tática defensiva dava certo, o mesmo não pôde ser dito da ofensiva. A Espanha, como ao longo de toda competição, teve maior posse de bola e trocou mais passes que seu adversário. No entanto, poucos chutes precisos saíram dos pés de suas jogadoras. No total, foram apenas quatro finalizações e uma no alvo. 

2º Tempo

Na volta para o segundo tempo, Jorge Vilda promoveu a entrada de del Castillo no lugar de Cardona e a camisa 10 não precisou de mais de 8 minutos para mudar a partida. Após receber grande bola de Bonmatí pela direita, a atacante deu um drible rápido na defesa inglesa e cruzou para trás, encontrando Esther González livre para abrir o placar. 

Um minuto depois, Sarina Wiegman também decidiu mexer no time. As atacantes Beth Mead, artilheira da equipe na competição, e Ellen White saíram para as entradas de Chloe Kelly e Alessia Russo, meio campista. Apesar da tentativa de mudar a partida, era a Espanha era melhor na partida e chegava com mais perigo, com Castillo dando trabalho para a defesa inglesa.

Foi somente aos 30 minutos de partida que as Lionesses chegaram a meta de Paños. No entanto, as diversas finalizações no mesmo lance não foram suficientes para alterar o placar. Um pouco nervosa, a equipe não conseguia se organizar para gerar mais chances de gols.

Até que, mais na base da vontade de vencer do que na melhora técnica e tática, aos 38 minutos, Russo disputou por cima com duas zagueiras espanholas e a bola sobrou para Toone empatar a partida e incendiar o estádio e levar a partida para a prorrogação.

Toone empata para a Inglaterra. (Foto: divulgação/@Lionesses)

Prorrogação 

Com o empate no final da partida, a Inglaterra terminou o tempo regulamentar melhor. Aproveitando-se dessa imposição, logo aos 5 minutos do primeiro tempo da prorrogação, Stanway chutou de fora da área para virar a partida a favor das anfitriãs. 

A Espanha pareceu sentir a pressão e esse fator se somou a uma queda física da equipe, que não conseguiu se recuperar para buscar o empate. 

Próxima partida

A Inglaterra enfrentará o vencedor entre Alemanha e Áustria na próxima terça-feira, 26 de julho, às 16h.

Escalações

Inglaterra: Earps; Bronze, Bright, Williamson (C), Daly; Stanway, Walsh; Mead, Kirby, Hemp, White. Técnica: Sarina Wiegman

Espanha: Paños; Battle, Paredes (C), Léon, Carmona; Bonmatí, Guijarro, Abelleira; Cardona, González, Caldentey. Técnico: Jorge Vilda.

Postar um comentário

To Top