HISTÓRICO! Inglaterra vence Alemanha na prorrogação e é campeã da Eurocopa pela primeira vez

Chloe Kelly comemora o gol do título da Inglaterra. (Foto: divulgação/UEFA)

Wembley Stadium. Palco de grandes finais de Champions League, uma das sedes dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e dono de um gramado que já viu shows de Metallica a One Direction. Foi em um dos mais icônicos estádios de futebol existente e com o maior público da história (87.192) que, pela primeira vez a Inglaterra se sagrou campeã da Eurocopa Feminina após vitória na prorrogação por 2 a 1 sobre a Alemanha. 

Além do título inédito, a Inglaterra ainda teve o gostinho de conquistá-lo sobre a maior vencedora do torneio, descontando a derrota sofrida na final da Euro de 2009, quando as germanas venceram por 6 a 2, em Helsinki.  

O jogo

Ambas as equipes chegaram à final com campanhas irreparáveis: cinco vitórias em cinco partidas, 20 gols marcados do lado inglês contra 13 do lado alemão, além das duas artilheiras do torneio, Beth Mead e Alexandra Popp (que sentiu no aquecimento e ficou de fora da decisão), cada uma com seis gols marcados. 

Com tanto equilíbrio no retrospecto do campeonato, a Inglaterra buscou se aproveitar de um recurso que a Alemanha não tinha: jogar em casa e ter o apoio da torcida. Com esse suporte, as Lionesses começaram pressionando as alemãs, obrigando a goleira Frohms a fazer duas boas defesas antes dos 5 minutos de partida.

Torcida inglesa chegando ao estádio. (Foto: divulação/UEFA)

Apesar da pressão, o time germânico conseguia chegar ao ataque, mesmo que com menor frequência. O jogo mais vertical do lado inglês permitia uma alternância das equipes nas áreas ofensivas.

Na volta para a segunda etapa, Martina Voss-Tecklenburg promoveu a entrada de Tabea Wassmuth no lugar de Jule Brand, que pouco conseguiu jogar no primeiro tempo. As alemãs passaram a pressionar mais a saída de bola inglesa e, com isso, foram capazes de finalizar em maior quantidade e qualidade.

Aos 17 minutos, a Alemanha era melhor até que Toone, que entrara há pouco, recebeu uma bola linda e, de maneira ainda mais impressionante, encobriu Frohms para colocar a Inglaterra a frente. 

No entanto, mesmo em desvantagem, as maiores campeãs europeias continuaram com sua estratégia até que Magull, melhor jogadora alemã até então, recebeu dentro da área para dar um toquinho para o fundo das redes, aos 34, e empatar a partida.

Magull fez o gol de empate para a Alemanha (Foto: divulgação/UEFA)

Com a persistente igualdade no placar, a decisão foi para a prorrogação. 

Prorrogação

Foi em uma jogada de escanteio. Foi depois que as jogadoras inglesas chamaram a torcida para jogar junto. Foi com um leve toque de Chloe Kelly, aos 6 minutos do segundo tempo da prorrogação, que a Inglaterra chegou ao 2 a 1. Foi em Wembley que as Lionesses chegaram ao ápice de sua história.

Escalações


 

Postar um comentário

To Top