Euro Feminina 2022: Itália empata com Islândia; França supera Bélgica e vai para as oitavas

Bergamaschi celebra gol de empate italiano. Foto: Charlotte Tattersall/Uefa/Getty Images

Em partida válida pelo grupo D, Itália e Islândia empataram em 1 a 1 no Estádio da Academia do Manchester City, na última quinta-feira (14). Já França derrotou a Bélgica com placar de 2 a 1 e garantiu vaga antecipada para as oitavas de final da Euro Feminina 2022.

As duas equipes criaram várias chances de vitória. Itália, após sofrer 5 gols da França, chegou mais nervosa na partida. Uma desatenção da defesa abriu  espaço para Vilhjálmsdóttir marcar um belo gol de voleio logo aos 3' de jogo do primeiro tempo. A Itália buscou o empate no segundo tempo. Aos 22', Valentina Bergamaschi balançou a rede da Islândia e manteve a seleção italiana viva na competição.

França segue na liderança do grupo D com três pontos. Islândia é a segunda com dois, Bélgica e Itália vem logo atrás e possuem 1 ponto cada. A Itália é a última colocada pelo critério de saldo gols.

Itália: Laura Giuliani, Lucia Di Guglielmo, Sara Gama, Elena Linari, Lisa Boattin, Valentina Bergamaschi, Flaminia Simonetti, Martina Rosucci, Arianna Caruso, Martina Piemonte e Valentina Giacinti. Técnica: Milena Bertolini.

Islândia: Sandra Sigurdardottir, Elisa Vidarsdottir, Glodis Viggosdottir, Gudrun Arnardottir, Hallbera Gudny Gisladottir, Gunnhildur Jonsdottir, Dagny Brynjarsdottir, Sara Gunnarsdottir, Sveindis Jonsdottir, Berglind Torvalsdottir e Karolina Vilhjalmsdottir. Técnica: Þorsteinn Halldorsson.

França vai às oitavas

França conquistou sua vaga nas oitavas de final com um jogo de antecedência após derrotar a Bélgica por 2 a 1, em jogo válido também pelo grupo D, no New York Stadium. Agora França se reúne a Inglaterra e Alemanha já classificadas. A vitória veio seguido de preocupação com a atacante  Marie-Antoinette Katoto que saiu de campo com fortes dores no joelho direito e virou dúvida para a próxima fase.
 
Bélgica chegou com perigo a defesa francesa e barrou em vários momentos os ataques franceses. Com maior posse de bola e mais finalizações, logo a seleção comandada por Corinne Diacre achou o caminho do gol. Diani, de cabeça, fez o primeiro gol da seleção francesa aos 6' do primeiro tempo, em lance validado pelo VAR. No final do primeiro tempo, Bélgica chegou ao empate com Cayman 36', após vacilo da defesa francesa.

Porém, M’Bock-Bathy, aos 41', aproveitou o rebote para cabecear no gol e marcar o segundo da França que ainda perdeu um pênalti no final da partida.


Diani comemora primeiro gol francês. Foto: Alex Pantling/Getty Images

França: Pauline Peyraud-Magnin, Eva Perisset, Griedge Bathy, Wendie Renard, Sakina Karchaoui, Grace Geyoro, Charlotte Bilbault, Clara Mateo, Kadidiatou Diani, Maria Antonieta Katoto e Delphine Cascarino. Técnica: Corinne Diacre.

Bélgica: Nicky Evrard, Jody Vangheluwe, Sari Kees, Laura De Neve, Davina Philtjens, Justine Vanhaevermaet, Tinne De Caigny, Julie Biesmans, Elena Dhont, Tessa Wullaert e Janice Cayman. Técnico: Ives Serneels.

Próximos jogos

Na próxima segunda-feira (18), França pega Islândia e Itália joga contra Bélgica em disputa direta pela segunda vaga do grupo D. Quem ganhar avança para as oitavas da Euro Feminina 2022.
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top