É OCTA! Brasil passa sufoco, mas vence Colômbia e leva título da Copa América



Foi sofrido, mas o octa veio! O Brasil superou a Colômbia por 1 a 0 e conquistou o título da Copa América de futebol feminino, o oitavo em nove edições do torneio, e manteve sua dominância no continente. A vitória em Bucaramanga (COL) marcou a primeira conquista da técnica Pia Sundhage no comando da seleção feminina. Foi uma campanha com 100% de aproveitamento, seis jogos, seis vitórias, vinte gols marcados e nenhum sofrido. 


O título ainda isola o Brasil como o país com o maior número de títulos de Copa América entre homens e mulheres. São nove títulos da edição masculina do torneio e oito da feminina, levando a Seleção a 17 conquistas no total. A marca supera a Argentina, que soma 15 títulos da Copa América Masculina e venceu o torneio feminino em 2006.


Além do título, o Brasil leva para casa as vagas para a Copa do mundo de 2023 que será disputada na Austrália e na Nova Zelândia e para a Olimpíada de Paris em 2024. Já as colombianas ficaram com o terceiro vice-campeonato na sua história - os outros foram em 2010 e 2014 e também comas vagas na Copa do Mundo e na Olimpíada.


O jogo


Contando com o apoios de 22 mil colombianos, a seleção 'cafetera' , tratou de dificultar o jogo para as brasileiras, jogando bem duro. Tanto que em uma dividida, Angelina lesionou o joelho e teve que ser substituída por Duda Francelino com 5 minutos de partida. 


O Brasil sentiu a perda de Angelina e as colombianas passaram a pressionar, levando perigo em cobrança de falta de Catalina Usme, que Lorena defendeu com categoria aos 20 minutos.  Antônia respondeu com um bom chute aos 22 minutos, e o o Brasil foi ameaçando mais o gol colombiano, até que o placar foi aberto aos 38 minutos: Debinha, em cobrança de pênalti, deslocou a goleira e balançou as redes. Aos 46, antes do intervalo, Bia Zaneratto chutou por cima do gol e quase fez o segundo.


No segundo tempo, o Brasil começou pressionando para marcar o segundo gol e teve boas chances com Antônia, Raffaele e Bia Zanerato, mas após os 15 minutos a Colômbia, capitaneada pela jovem promessa Linda Caicedo, partiu pra cima em busca do empate. O Brasil passou a cometer muitos erros de passe e o jogo ganhou contornos dramáticos, com Lorena tendo que fazer boas defesas para manter o zero no placar da Colômbia.


Mas o último lance de perigo foi do Brasil com Luana chutando pra fora após boa jogada de Geyse. no fim, a vitória por 1 a 0 veio o Brasil pode enfim, comemorar mais um título.


O Brasil jogou com  Lorena; Antônia, Tainara, Rafaelle, Tamires; Angelina (Duda), Ary Borges (Luana), Adriana, Kerolin (Gabi Portilho); Debinha e Bia Zaneratto.


foto: Twitter Conmebol

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top