Copa América Feminina 2022: Brasil goleia Argentina em estreia

A seleção brasileira venceu a Argentina por 4 a 0 em estreia pela Copa América Feminina 2022 disputada na Colômbia. Com este triunfo no estádio Centenario, além da liderança do grupo B, o Brasil conquistou sua 45ª vitória e somou 252 gols na história da competição.

A goleada da noite de sábado (9) foi construída com predomínio brasileiro nas ações ofensivas durante toda a partida. Com maior posse de bola, o time de Pia Sundhage teve a calma necessária para trabalhar as jogadas e a estrela das boas atuações individuais de Adriana, com dois gols, e Bia Zaneratto, com um gol e uma assistência.

A boa partida das atacantes fez com que as ausências de Geyse, Luana e Duda Francelino fossem menos sentidas. As três atletas foram diagnosticadas com covid-19 e ficaram de fora da estreia. Enquanto Luana e Duda já estarão disponíveis para a próxima partida, Geyse ainda estará em isolamento.

Do lado argentino, a ausência de Sole James foi muito lamentada, uma vez que a seleção pouco teve força ofensiva para ameaçar a goleira tupiniquim.

1º Tempo 

Desde o primeiro minuto foi possível distinguir as estratégias em campo: do lado brasileiro, posse de bola para chegar ao ataque; do lado argentino, defesa fechada e contra-ataques. Até os dez primeiros minutos, a ideia brasileira foi posta em prática, com grande pressão sobre as adversárias e escanteios a favor para buscar o gol. 

A seleção argentina até conseguiu equilibrar a partida fechando melhor suas linhas de defesa, mas pouco saía para ameaçar a goleira Lorena. Aos 28 minutos, o talento de Bia Zaneratto sobressaiu e a atacante palmeirense saiu da área para preparar a jogada, encontrando Tamires a frente, que cruzou para Adriana, livre, marcar o primeiro gol do Brasil na Copa América. 

Aos 35, foi a vez de Bia balançar as redes, de pênalti que ela mesma sofreu. A melhor chance argentina foi aos 37, em chute que beliscou o travessão.

2º Tempo 

O Brasil voltou para o segundo tempo buscando o gol como se o placar tivesse zerado. Apesar das tentativas argentinas de se lançar ao ataque, as chegadas brasileiras eram mais intensas. Bia Zaneratto teve duas boas chances de finalizar, mas se saiu melhor construindo uma jogada ao deixar Adriana cara a cara com a goleira Correa. A atacante do Corinthians driblou a arqueira e tocou para o gol vazio para marcar pela segunda vez na noite. 

Aos 25 minutos, Pia promoveu diversas alterações na equipe, buscando dar rodagem ao elenco e manter o nível físico. Debinha, que não foi titular por ter sido liberada da concentração para resolver questões pessoais, ainda teve tempo de fazer um golaço ao receber na frente, driblar a goleira e marcar seu 50º gol com a camisa da seleção brasileira. 

Escalações




Próximo jogo

Na terça-feira (12), a seleção brasileira enfrenta o Uruguai, às 18h. A partida terá transmissão do SBT e do Sportv. Já a Argentina joga às 21h contra o Peru. 

Copa América 

Ontem (8), Bolívia e Equador fizeram o jogo de estreia da Copa América e a seleção equatoriana saiu vencedora com uma goleada de 6 a 1. A Colômbia, equipe da casa, também estreou com vitória, em um 4 a 2 movimentado para cima do Paraguai. Ambos os jogos foram válidos pelo grupo A. Hoje mais cedo, a Venezuela venceu o Uruguai por 1 a 0, pelo grupo B.

Foto: CBF
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top