Brasil fecha Pan Júnior de ginástica rítmica com chuva de medalhas

                  

O domingo (10), último dia do Pan-Americano Júnior de ginástica rítmica, foi marcado por três ouros do Brasil. Maria Eduarda Alexandre foi ouro nas maças e a equipe do conjunto foi ouro nas cinco rodas e cinco bolas.


Além das conquistas, Maria Eduarda foi prata e Isadora Oliveira ficou com o bronze nas fitas. Maria Eduarda fez uma apresentação espetacular nas maças, alcançando 28.900, contra 28.600 e 27.300 das estadunidenses Jaelyin Chin e Megan Chu. 


Ela esteve no pódio de todas as disputas individuais, sendo bronze na bola e no arco , prata no individual geral, fita e geral por equipes, além do ouro. Perguntada pelo Surto Olímpico sobre se a sua ficha caiu em relação ao excelente  desempenho no campeonato, ela respondeu.


"Eu acho que não, porque ainda não tô com as minhas medalhinhas na mão, só estou com quatro delas e isso é muito importante porque daqui para frente é só crescer e evoluir", disse a atleta, que ainda contou ter mais dificuldade na bola, mas isso não atrapalhou no resultado.


Conjunto é campeão de tudo

Conjunto brasileiro com as cordas (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

O conjunto juvenil brasileiro varreu a competição e levou o ouro em todas as disputas. No sábado, o time formado por Isadora Liberato, Laura Castro, Fernanda Heineman, Yumi Rodrigues Moriyama e Lavínia Rocha venceu o geral e neste domingo, venceu cordas e bolas.


Nas cordas, elas fizeram 26.800 pontos e nas bolas alcançaram 28.300, contra 24.300 e 26.750, respectivamente, da equipe do México. 


A equipe foi ovacionada pela Arena Carioca 1 e disse que o resultado é fruto da dedicação da equipe nos últimos três meses.


"Estamos muito felizes e satisfeitas com o nosso resultado, porque treinamos intensivamente por três meses. A luta que foi ficar longe da família longe de casa por esses três meses. Foi doído, foi sofrido, mas no final vale a pena a gente tá aqui muito feliz satisfeito com o nosso resultado com nossos desempenho porque foi para isso que a gente treinou e é para isso que a gente né sempre tenta focar sempre no nosso objetivo", disseram as meninas.


Foto: Ricardo Bufolin/CBG

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top