Brasil convoca mais atletas para o Mundial de Atletismo


Depois dos ajustes finais feitos pela World Athletics, a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) pôde convocar mais seis atletas para o Campeonato Mundial do Oregon de Atletismo, que entram pela cota do Ranking de Pontos. A principal competição do ano da modalidade será disputada de 15 a 24 de julho, na cidade de Eugene, considerada a capital do atletismo norte-americano.

Entre as convocadas estão Maria Victória de Sena (APA-SP), que completará o revezamento 4x400 m misto no Estádio Hayward Field, e Tabata Vitorino de Carvalho (AA Maringá-PR), que havia sido chamada para o revezamento misto, mas ganhou vaga também na prova individual dos 400 m.

Os outros convocados são Ana Carolina Azevedo (CT Maranhão-MA), nos 200 m, Lorraine Barbosa Martins (Pinheiros-SP), também nos 200 m, Ana Caroline da Silva (APCEF-MG), no arremesso do peso, Mateus Daniel de Sá (Pinheiros-SP), no salto triplo, e Allan Wolski (Pìnheiros-SP), no lançamento do martelo.

Com os novos chamados nesta quinta-feira, a delegação brasileira passa a ter 58 atletas na delegação, sendo 23 no feminino e 35 no masculino.

Maria Victória, nascida a 14 de julho de 2000, em Presidente Prudente (SP), é treinada por seu pai, Inaldo Justino de Sena e tem como recorde pessoal 52.36 nos 400 m, obtido no dia 4 de setembro de 2021, em Bragança Paulista (SP).

Nos 200 m, Lorraine Martins e Ana Carolina Azevedo reforçam a velocidade. A carioca Lorraine, recordista brasileira sub-20 (23.06), é treinada por Felipe de Siqueira da Silva, enquanto a paulista Ana Carolina, orientada por Katsuhico Nakaya, tem 23.01 (0.0) como recorde pessoal.

Já a mineira Ana Caroline Silva lidera o ranking brasileiro do arremesso do peso de 2022, com 18,46 m. Estudante de psicologia na Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, ela treina no Brasil com Roberta Braz Oliveira, em Belo Horizonte.

Na categoria masculina, Mateus Daniel de Sá e Allan Wolski, ambos do Pinheiros, estavam muito próximos da qualificação por pontos e tiveram participação assegurada pela World Athletics. Nascido em Dracena (SP), Mateus, bronze no Mundial Sub-20 de Eugene-2014, é treinado por Tânia Fernandes de Paula Moura e tem 16,87 m (0.5), como recorde pessoal.

Já o paulistano Allan, de 32 anos, treina com Ricardo de Souza Barros e tem 75,22 m, marca obtida em 2017, em São Bernardo (SP), como melhor resultado pessoal.

Foto: Wagner Carmo/CBAt

Postar um comentário

To Top