Brasil classifica cinco duplas para as quartas de final do Sul-Americano de Tênis de Mesa


O Brasil teve um ótimo início de competição de duplas no Campeonato Sul-Americano de Tênis de Mesa, em Pereira, na Colômbia. Neste sábado (23), cinco das seis parcerias brasileiras passaram por seus adversários das oitavas de final e seguem vivas na briga por medalhas. Os torneios de duplas femininas, masculinas e mistas continuam na próxima segunda-feira, enquanto no domingo é a vez do início das disputas individuais.

Os primeiros a garantirem presença na próxima fase foram Eric Jouti e Carol Kumahara. A parceria mista venceu os colombianos Camilo Gonzalez e Juliana Lozada por 3 a 0 (12/10, 11/4 e 11/5) e vai pegar os venezuelanos Cesar Augusto Arocha e Isaleym Malliotakis na próxima fase do torneio.

Guilherme Teodoro e Giulia Takahashi também não tomaram conhecimento dos donos da casa. Novamente em sets diretos (11/7, 11/3 e 11/9), passaram por Julian Ramos e Manuela Echeverry, carimbando passaporte para a próxima fase, onde encaram os venezuelanos Luis Vanegas e Camila Obando.

No torneio de duplas femininas, Laura Watanabe e Beatriz Kanashiro conquistaram uma vitória incontestável sobre mais uma dupla colombiana, Luciana Cadavid e Mariana Restrepo, pelo mesmo placar dos jogos anteriores (11/1, 11/1 e 11/6). Na próxima fase, elas terão pela frente as fortes chilenas Paulina Veja e Daniela Ortega, cabeças de chave principais do torneio.

Carol Kumahara e Giulia Takahashi foram igualmente soberanas, em mais uma vitória por 3 a 0 (11/3, 11/8 e 11/5), desta vez sobre as chilenas Judith Morales e Valentina Rios. Na sequência, vão medir forças contra as equatorianas Nathaly Paredes e Astrid Salazar.

No torneio masculino, Eric Jouti e Guilherme Teodoro passaram pelos venezuelanos Luis Vanegas e Cesar Augusto Arocha, por 3 a 1 (11/8, 6/11, 11/9 e 15/13). Os próximos adversários serão os peruanos Felipe Dufoo e Rodrigo Hidalgo.

Por fim, Rafael Turrini e Carlos Ishida se despediram diante dos colombianos Julian Ramos e Federico Otalvaro, por 3 a 0 (3/11, 9/11 e 9/11).

Foto: Juan Sebastian Henao

Postar um comentário

To Top