Brasil brilha no primeiro dia do Pan de ginástica rítmica


O Brasil brilhou nesta quinta (7), no primeiro dia de competições do Pan-Americano de ginástica rítmica, sediado no Rio de Janeiro. No individual geral, tivemos duas brasileiras no top-5 e no conjunto, o time brasileiro ficou na primeira colocação. 


O dia começou com a disputa das bolas e dos arcos no individual geral, onde Maria Flávia (foto) foi a terceira colocada. Ela começou nos arcos, com Footloose, música tema do filme de 1984, remontado em 2011, que conta a história de uma cidade onde era proibido dançar. 


Com a apresentação, ela conseguiu 28.450 pontos e a ovação do público, que adorou. Em declaração ao Surto Olímpico, a atleta contou que ficou muito feliz e que a energia do público é muito boa e sua contribuição é inexplicável. Nas bolas, ela aumentou a nota e conseguiu 29.050, somando 57.500 pontos. 


Quem também se destacou foi Geovana Santos, que foi a primeira no dia a alcançar mais de 30 pontos no dia. Além dela, só Evita Griskenas (USA) conseguiu atingir essa pontuação. A brasileira fez 30.350 na bola e disse que pretende alcançar essa nota nos outros dois aparelhos (fitas e maças) para se manter na briga por medalha.


Ela ainda somou 26.850 no arco e está na quinta colocação. Ana Luísa Passos foi a outra brasileira na competição e está em 14ª, com 53.150 pontos. Ana teve um pequeno erro no arco e sofreu descontos na nota, mas se recuperou bem e fez 28.250 na bola. 


A competição finaliza nesta sexta, valendo vaga para o Mundial de Sofia (BUL), ainda neste ano. 


Conjunto fica na primeira colocação

Conjunto brasileiro no arco durante o Pan (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)


O conjunto brasileiro, que é formado por Ana Luísa Passos, Deborah Barbosa, Geovanna Santos, Maria Flávia Barros de Mello e Mariana Vitória Gonçalves Pinto foi o primeiro nesta quinta no arco, único aparelho realizado neste primeiro dia. 


A apresentação foi perfeita e segundo as próprias atletas, elas perceberam isso ao fim da apresentação quando se olharam e ao ver a reação do público, que levantou para aplaudir. A equipe, bronze na etapa de Pesaro (ITA) da Copa do Mundo de ginástica rítmica, agora fala em garantir a vaga no mundial e ir atrás do pódio e não apenas marcar presença.


O Brasil tem 33.150 pontos, contra 30.400 do México, que é o segundo colocado.


Foto: Ricardo Bufolin/ CBG




Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top