Ativistas interrompem a décima etapa do Tour de France, mas dinamarquês vence; Pogacar segue com a camiseta amarela


Ativistas ambientalistas interromperam por 10 minutos a décima etapa do Tour de France, disputada nesta terça-feira (12).

A etapa desta terça começou em Morzine e terminou em Megeve, na França, com 148.5km de extensão.

O incidente aconteceu restando 36km para o final da etapa. Ativistas do clima entraram no trajeto, bloqueando a passagem dos ciclistas e utilizando sinalizadores rosas. O grupo por trás do movimento foi o Derniere Renovation.

Os policiais conseguiram retirar os ativistas e após 10 minutos, a prova foi reiniciada.

No final, a vitória foi para o dinamarquês Magnus Cort Nielsen no photo finish, com 3 horas 18 minutos e 50 segundos, seguido pelo australiano Nick Schultz e em terceiro o espanhol Luis Sanchez.

Abaixo segue o km final:

Com 10 etapas disputadas, o esloveno Tadej Pogacar segue líder, com 37 horas, 11 minutos e 28 segundos. O alemão Lennard Kamna subiu para segundo, a 11s de Pogacar e o dinamarquês Jonas Vingegaard é o terceiro, a 39s do líder.

A próxima etapa será na quarta-feira (13), entre Albertville e Col du Granon, e terá 152km.

Foto: Reprodução

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top