UIPM considera sucesso o primeiro teste da corrida obstáculos na Turquia


A União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM) considerou um sucesso o teste da corrida de obstáculos, realizado na terça-feira (28).

De acordo com a entidade, nenhum atleta se machucou durante o teste. No máximo, bolhas nas mãos devido a não familiaridade com a novidade.

O percurso foi desenvolvido e concebido com a Federação Mundial de Obstáculos, a Tokyo Broadcasting System Television (TBS), que transmite o programa Ninja Warrior no Japão e que foi licenciado em outros países, como os Estados Unidos, e a Spartan Race, a produtora do maior evento de obstáculos do mundo.

Foram escolhidos 9 obstáculos para o percurso, entre eles estão argolas, corda de balanço, escadas, muro tsunami, trave de equilíbrio entre outros.

100 atletas de 19 países participaram do evento teste na capital da Turquia, quatro para pentatletas e duas para atletas de obstáculos. Nenhum pentatleta brasileiro participou. A vencedora no feminino adulto foi a guatemalteca Sophia Hernandez, já no masculino adulto o título foi para o francês Dimitri Houles. As duas são as modalidades olímpicas.

A corrida de obstáculos foi escolhida em maio deste ano para substituir o hipismo e, no final do período de avaliação, pode ser ou não aprovada. Caso seja, fará parte da tentativa do esporte de permanecer no programa olímpico para 2028, uma vez que não foi incluído no provisório e corre sérios riscos de ficar de fora após Paris 2024.

Foto: UIPM


Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top