Goleiro brasileiro é destaque na Europa com título nacional na Sérvia e vice da Liga dos Campeões de Polo Aquático


Atual medalhista de ouro na olimpíada de Tóquio, em 2021, a Sérvia é um dos principais países para um atleta crescer e disputar grandes jogos no polo aquático internacional. João Pedro conseguiu chegar nessa fase da carreira após viajar ainda jovem para a Europa. O goleiro brasileiro, atualmente defende o VK Novi Belgrado, time sérvio, onde conquistou dois títulos nacionais, foi vice-campeão da Liga dos Campeões e está buscando uma vaga na seleção olímpica do país europeu.

Com uma coleção de troféus desde a base no Paineiras, Seleção brasileira e na Espanha, João Pedro tem como principais conquistas o Campeonato Brasileiro Sub-17, o Paulista sub-19, o Sul-Americano sub-17 e o Pan-americano sub-17, além do Campeonato da Catalunha sub-16 e sub-18.

O seu crescimento na modalidade veio em 2016, com os aprendizados no Barceloneta, clube da Espanha. A nova visão sobre sistema de treinamento, parte tática do polo e mentalidade como jogador, foram cruciais para a decolagem da sua carreira.

Com o aprendizado na Europa, o goleiro foi campeão como profissional da Copa do Rei na Espanha, da Liga Espanhola e da Liga Nacional no Brasil, em evento organizado pela Liga PAB - Polo Aquático Brasil.

João assegurou sua vaga na Seleção Brasileira e participou das conquistas da Copa UANA, em 2019, e do bronze no Pan-Americano de 2019, em Lima, no Peru.

“Essa experiência de estar na base do Barceloneta e adquirir conhecimento com o treinador David Martinez (atual técnico da Espanha) foi fundamental para eu conhecer um lado novo do polo aquático. Além disso, precisei ficar longe da minha família desde pequeno e acredito que formei minha personalidade como atleta para lutar pelo espaço nos times”, explicou João Pedro, goleiro do VK Novi Belgrado, da Sérvia.

A formação na Espanha preparou João Pedro para atuar na Sérvia, que segundo ele possui um jogo mais tático, físico e defensivo.

Características que o atleta soube adaptar ao seu estilo de jogo para erguer o primeiro troféu na história do VK Novi Belgrado.

“Aqui na Sérvia eles exigem muita determinação na defesa, por conta que os ataques são fortes. O jogo é menos nadado e mais físico. Os treinadores exigem pensamento tático e fundamento técnico de todo o elenco!”, afirmou o goleiro.

“O VK Novi Belgrado existe há seis anos. Essa temporada foi a primeira que o clube disputou os campeonatos com um elenco competitivo. Conquistamos o segundo lugar na Super Liga Sérvia, fomos campeões da Liga Adriática e da Liga Sérvia, que foram os dois primeiros troféus do clube!”, disse João Pedro.

Logo após as conquistas nacionais, João Pedro e seus companheiros alcançaram mais um feito na história do Belgrado, chegando à final da Liga dos Campeões. O time da Sérvia enfrentou o atual campeão da Liga, Pro Recco, da Itália, que manteve o título nos pênaltis.

“Mesmo com a derrota na final, a segunda colocação foi importante para o Belgrado. Todo elenco colocou a agremiação no mapa do polo internacional. Nossos objetivos irão crescer para essa nova temporada! O foco é conquistar os títulos nacionais e a Liga dos Campeões”, declarou João Pedro.

“Particularmente também tenho o objetivo de ser goleiro na seleção da Sérvia. Estou desligado do time brasileiro e focado em fazer a integração para o elenco sérvio. Vou manter o foco nos treinos e acredito que posso estar presente em futuras convocações. Sei que será difícil por ser estrangeiro e jovem, mas tenho convicção da minha capacidade como goleiro”, afirmou o atleta.

João Pedro acredita que o seu sucesso fora do Brasil é fruto da disciplina, treinos, apoio familiar e adaptação a culturas distintas.

“Nunca joguei com o intuito de ser conhecido. Mas querendo ser um atleta e jogar polo aquático em alto nível. Meus pais e treinadores foram os principais incentivadores e sou muito grato. Acredito que a garotada que busca jogar fora deve manter o foco e o respeito à cultura do país, aos treinadores e que tenha muita disciplina, porque é um caminho longo e de muito trabalho. Você precisa manter a cabeça calma e manter o foco”, finalizou o goleiro do VK Novi Belgrado.

Foto: Arquivo Pessoal

Postar um comentário

To Top