Giulia Penalber e Laís Nunes levam o bronze no torneio Matteo Pellicone de Wrestling

 

Alexandre Loureiro/COB

Nesta quinta-feira (23), o time brasileiro de Wrestling, composto de sete atletas entre estilo-livre e greco-romana, iniciou as disputas do tradicional torneio Matteo Pellicone, disputado na Itália. O evento é válido para o Ranking Series da Federação Internacional. 


Giulia, da categoria até 57kg, conquistou a sua medalha depois de um ótimo início de competição. A atleta enfrentou a alemã Sandra Paruszewski, e conseguiu uma vitória com grande diferença de pontuação. Com isso, ela avançou para semifinal, mas, desta vez a brasileira foi facilmente derrotada pela ucraniana Alina Akobiia. Na disputa pela medalha de bronze, Giulia, enfrentou a húngara Eika Bognar. Assim, como na luta contra a alemã, a vitória veio tranquilamente e por imobilização.


Laís foi outra medalhista brasileira neste evento, na categoria até 62kg. Porém, diferentemente de suas compatriotas, a atleta brasileira disputou um formato diferente de competição, devido ao número de inscritos em sua categoria. A lutadora brasileira teve que passar por uma espécie de fase de grupos, aonde ela encarou a ucraniana Iryna Koliadenko, a alemã Helga Niemesch e a sueca Sara Lindborg. Laís venceu duas, de suas três lutas, perdendo apenas da ucraniana.


Com este resultado, ela se classificou para as semifinais, aonde enfrentou outra ucraniana, Ilona Prokopevniuk. Sem dificuldades, Laís, garantiu a sua vaga na disputa pelo bronze com uma imobilização. Na luta da medalha, a adversária foi a canadense Ana Paula Gonzalez, já conhecida da brasileira. Em uma luta apertada, a vitória veio por uma pequena diferença de pontos, com o placar de 8 a 6 para a canadense.


Por fim, a novata do time brasileiro, Gabriela da Rocha, na categoria até 68kg, que perdeu por superioridade para a atleta da Moldávia, Irina Ringaci. Mesmo com a derrota, a atleta passou para a disputa do bronze, aonde teve pela frente a lutadora da Nigéria, Blessing Oborududu. Novamente, ela foi derrotada por superioridade, e ficou fora do pódio.


Greco-romana

Na categorias até 67kg e 97kg, os atletas brasileiros não conseguiram avançar para a fase de disputa de medalhas. Kenedy Pedroda da categoria até 67kg, estreou diretamente nas quartas de finais, mas foi derrotado pelo turco Furkan Yildiz por superiodade de 9 a 0. Ainda assim, ele teve a oportunidade de voltar para a disputa do bronze, na luta pela repescagem contra o romeno Mihai Mihut. Desta vez, o confronto foi mais equilibrado, porém, o brasileiro perdeu a luta por pontuação de 3 a 1 para


Joilson Junior da 77kg, teve que lutar contra dois atletas da Hungria em sua participação. O primeiro confronto foi contra Zoltan Levai, sendo derrotado por superioridade. Tal como a disputa na categoria feminina até 68kg, o brasileiro avançou para lutar pela medalha, mesmo com a derrota. Desta vez, o adversário foi Robert Fritsch, que saiu vencedor do encontro, mais uma vez, por superioridadeo.,


Igor de Queiroz, da categoria até 97kg, não teve tanta sorte. A competição neste peso contava com um número maior de inscritos e, por isso, o brasileiro precisou disputar a fase de oitavas de final na qual foi derrotado pelo iraniano Mehdi Balihamzehdeh. Como a fase de oitavas não garante vaga na repescagem, fez com que o brasileiro fosse eliminado do evento.


O Brasil ainda compete no estilo-livre masculino, na categoria até 74kg, com o atleta César Alvan. A sua participação acontecerá no sábado (25).


Postar um comentário

To Top