Equipe da China cresce no Nado Artístico e é ouro no Mundial, brasileiras em 12º

Equipe chinesa leva ouro na rotina técnica com mais de dois pontos à frente das adversárias (Foto: Divulgação/FINA)

A Rússia, excluída do Mundial de Esportes Aquáticos de Budapeste, já pode se preocupar com uma equipe adversária que tem tudo para ameaçar o posto de maior potência mundial do Nado Artístico. A China, foi ouro na competição de rotina técnica, disputada nesta terça (21), com nota de 94.7202.

As chinesas abriram uma vantagem de mais de dois pontos em relação às segundas colocadas, japonesas, outra potência na modalidade. O bronze foi da Itália, que somou 91.0191.

A equipe brasileira também esteve na final da rotina técnica. Com uma boa apresentação, as atletas conseguiram aumentar a nota em relação às preliminares para 79.2419, fechando a competição em 12º.

Nosso time é formado por Vitoria Casale, Jullia Catharino, Rafaela Garcia, Luiza Lopes, Laura Micucci, Celina Rangel, Gabriela Regly e Anna Giulia Veloso.

Mais cedo, dueto fica fora da final

Laura Micucci e Anna Giulia Veloso não passaram para a final da rotina livre do dueto feminino. Somando 78.8667 pontos, elas terminaram a competição na 18ª colocação. Apenas as 12 primeiras seguiram. 

Postar um comentário

To Top