De Yago a Didi, passando por Gui Santos e Márcio, e agora com Reynan e Brunão, seleção brasileira de basquete recebe jovens em intercâmbio


O Brasil se prepara em São Paulo, no Ginásio do Paulistano, para duelos contra Uruguai e Colômbia, pela última janela das Eliminatórias da Copa do Mundo 2023. Mas os trabalhos vão muito além do objetivo mais próximo. Assim como vem acontecendo nos últimos cinco anos, a Seleção Brasileira principal tem se aproximado cada vez mais da base, levando sempre jovens atletas para treinos e convocações. Foi assim com Didi e Yago, depois com Márcio e Gui Santos, e agora com Reynan e mais recente Brunão.

Os dois primeiros, campeões Sul-Americanos sub-21 sobre a Argentina, estiveram com o Brasil em convocações para o time principal desde os 19/20 anos. Já Gui Santos e Márcio, campeões Sul-Americanos sub-17 também sobre a Argentina, estiveram em janelas das Eliminatórias da AmeriCup 2022. Por último, Reynan, do SESI Franca, campeão Sul-Americano e vice-campeão da AmeriCup sub-18 este ano, e agora Brunão, do Paulistano, de 19 anos, estiveram com o Brasil dentro do programa de intercâmbio.

- Faz parte da nossa estratégia dar experiência e oportunidades aos jovens, para que eles possam crescer e estarem cada vez mais prontos para servirem à Seleção. E seguiremos sempre de olho nos talentos e nessas oportunidades - disse Diego Jeleilate, diretor de basquete masculino na CBB.

O convite da vez foi a Brunão, prospecto do Paulistano de 1,97m e 100kg. O ala/pivô teve um crescimento gigante dentro do país este ano na temporada e recebeu o convite da diretoria do basquete masculino para treinar durante a semana com os atletas que vão enfrentar Uruguai e Colômbia pelas Eliminatórias.

Para Brunão, o convite é mais que um presente.

- Receber o convite para treinar com a Seleção principal foi -muito inesperado para mim. Fiquei sabendo após um jogo contra o Pinheiros, pela base do Paulistano e eu fiquei muito feliz na hora. Está sendo uma experiência incrível treinar com eles, a intensidade dos treinos, como tornam o jogo mais fácil. Estou aprendendo muito, observando muito o que cada um faz para colocar no meu jogo. Pergunto muito.

O jogador falou sobre como esse período de uma semana irá ajudar a sua carreira no futuro.

- Vai me ajudar muito na minha carreira. Estou olhando cada um e fazendo as perguntas para evoluir o meu jogo. O Marcelinho, o Elinho, o Yago, do Fuzaro, Rafa Luz, Lucas Dias, Mariano no poste baixo. Vai me ajudar muito para futuramente conseguir ser um jogador muito melhor - citou Brunão.

Foto: Divulgação/CBB
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top