Brasil termina Copa do Mundo de tiro esportivo paralímpico com medalha de bronze por equipes na França


O trio brasileiro formado por Alexandre Galgani, Jéssica Michalack e Bruno Kiefer conquistou a medalha de bronze por equipes na Copa do Mundo de tiro esportivo parlaímpico, na cidade de Châteauroux, na França, neste domingo, 12, último dia de competição.

Os três atletas do Brasil fizeram, juntos, 1895,7 pontos na prova R5 - Carabina de Ar - time misto 10 m - Posição deitado SH2. O time italiano, de Andrea Liverani, Roberto Lazzaro e Pamela Novaglio, ficou com o ouro (1900,8 pontos), seguido pelos anfitriões franceses Tanguy Dela Forest, Juliane Beve e Dylan Kerreneur (1897,7 pontos).

Este foi o único pódio brasileiro na competição. A disputa por equipes não valia vaga para os Jogos Paralímpicos de Paris 2024. Apenas os campeões de cada categoria individual na Copa do Mundo se qualificaram para o megaevento na capital francesa. Ou seja, nenhum atirador do Brasil obteve a qualificação aos Jogos por meio do torneio realizado em Châteauroux.

"Fiquei satisfeito com a medalha de bronze. Lógico que gostaria de ter ido a mais finais. Tinha expectativa em duas provas individuais [R5 Carabina de Ar - 10 m - Posição deitado Misto SH2 e R9 Carabina de Ar - 50 m - Posição deitado SH2]. Agora, é treinar mais para as próximas competições e tentar conseguir todos os meus objetivos", disse o paulista Alexandre Galgani, único representante brasileiro da modalidade nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

Neste ano, a Seleção Brasileira de tiro esportivo ainda vai participar do Mundial da modalidade, que será realizado nos Emirados Árabes, no final do ano.

Foto: FFTir/Divulgação

Postar um comentário

To Top