Brasil joga mal e perde para a Polônia por 3 a 1 pela Liga das Nações


A seleção brasileira masculina voltou às quadras nesta quarta-feira (22) para a disputa da segunda semana do Liga das Nações e, em jogo apático, foi derrotada pela Polônia, primeira colocada do ranking mundial. A equipe de Renan Dal Zotto demonstrou instabilidade ao longo dos quatro sets e não conseguiu fazer frente à equipe europeia, que fechou a partida em 3 a 1, com parciais de 25/16, 22/25, 25/16 e 25/22.

O grande destaque polonês foi a força dos saques. Ao todo, foram 13 pontos neste fundamento, número que fica mais impressionante se comparado ao brasileiro (1). Semeniuk e Kurek foram os maiores pontuadores da Polônia, com 17 e 16 pontos, respectivamente. Pelo lado do Brasil, Alan marcou 18 e Leal, 10.  

As notícias positivas ficaram somente por conta das voltas de Leal e Lucarelli, que não participaram da primeira semana de competição devido a lesões. Apesar do desempenho coletivo ruim, Maique foi destaque na defesa.  


1º Set 

O Brasil não iniciou bem a partida. Os saques forçados poloneses, que seriam a tônica do set, possibilitaram ao time europeu abrir 5 a 0, com dois aces de Bieniek. Ao todo, foram cinco pontos de saque somente neste set. O Brasil buscou se recuperar com jogadas pelo centro, com Bruninho acionando Lucão e Flávio, mas não foi o suficiente. A Polônia fechou a parcial em 25/16. 

2º Set

Depois um set fraco, o Brasil voltou melhor na segunda parcial. Após início equilibrado, o time de Renan Dal Zotto chegou à parada técnica com uma vantagem de 12 a 7, graças à boa atuação de Alan e à melhora defensiva da equipe, com o líbero Maique se destacando. A Polônia, que passara a errar mais, recuperou-se no meio do set para encostar no placar, mas não foi o suficiente e o Brasil fechou por 25/22. 

3º Set

Inconsistente, o Brasil repetiu a atuação apática do primeiro set, enquanto a Polônia se recuperou. O time europeu se aproveitou dos erros brasileiros e do saque forçado para abrir grande diferença no placar. Tentando melhorar nos contra-ataques e na defesa, Renan colocou para jogo Adriano e Isaac, mas a equipe continuou abaixo, pouco tocando na defesa e não sendo bem sucedido nos saques. Assim como no primeiro set, a Polônia fechou a parcial por 25/16. 

4º set 

Novamente, Bieniek começou o set sacando muito bem e anotando alguns pontos em aces. A seleção polonesa abriu 7x1, dando poucas chances ao Brasil, que errava muito e não conseguia defender os ataques adversários. Após um 17x7, Leal entrou no saque e a seleção esboçou uma reação, mas foi tarde demais. A Polônia fechou o jogo com uma parcial de 25/22. 

Próximo jogo 

Brasil x Sérvia às 10h30, com transmissão do Sportv 2. 


 Foto: Reprodução/VNL

Postar um comentário

To Top