Guilherme Toldo faz grande campanha na Bulgária e fica entre os 16 melhores da Copa do Mundo de Florete


Guilherme Toldo segue brilhando internacionalmente. Após a participação histórica na Sérvia há duas semanas, o brasileiro fez outra grande campanha em uma edição de Copa do Mundo de Florete. Neste sábado (30), ele ficou entre os melhores ao ter alcançado o quadro de 16 no torneio em Plovdiv, na Bulgária, e ficado na 11ª colocação.

Toldo vive grande fase. Ainda neste mês, o atleta ficou muito próximo de faturar uma medalha na Copa do Mundo de Belgrado e fez história ao ficar na sexta posição da competição (a segunda melhor da história brasileira em disputas masculinas de Copas do Mundo). Com o desempenho, ele pulou para a 12ª colocação no ranking mundial masculino, a melhor de todos os tempos do Brasil no naipe.

Pela colocação no ranking, Toldo foi um dos cabeças de chave do evento na Bulgária. O brasileiro começou a sua campanha rumo ao 11º lugar no quadro de 64 principal, quando bateu o tcheco Marek Totusek por 15 a 14. O floretista voltou à pista diante do sul-coreano Kim Dongsu no quadro de 32. Ele se impôs no jogo e alcançou o triunfo ao aplicar 15 a 11 diante do asiático.

Na sequência, o representante verde e amarelo entrou em ação diante do norte-americano e cabeça de chave nº 6 do campeonato, Gerek Meinhardt. Toldo fez combate muito parelho contra o esgrimista dos Estados Unidos, mas não conseguiu vencê-lo. Vitória para Meinhardt por 15 a 12.

Após a performance, o brasileiro comemorou a campanha feita em Plovdiv: “Minha participação foi legal, eu gostei bastante da minha constância. Eu estou conseguindo jogar uma boa esgrima, de alto nível. Venho jogando bem desde Paris (em janeiro deste ano, ele ficou na 17ª posição na Copa do Mundo da França), eu consegui chegar entre os oito em Belgrado e aqui eu fiquei entre os 16”.

“É muito bom, porque dá bons pontos para o ranking, para ficar sempre lá em cima representando bem o Brasil. Isso me dá bastante confiança para o resto da temporada, fico contente por isso”, completou.

Ricardo Ferrazzi é o treinador que acompanhou Guilherme Toldo na Bulgária. O técnico analisou o desempenho do atleta e elogiou a campanha do número 12 do mundo.

“Foi uma participação muito boa. Tirando o primeiro jogo, que ele teve de adaptar para se livrar, os outros dois foram bem mais constantes, a parte tática, física e técnica. Não teve muito desespero”, analisou o treinador.

“Contra o sul-coreano, apesar do placar próximo, foi bastante controlado, ele sabia o que estava fazendo, estava acertando tudo e forçando o outro a corrigir. Já contra o Meinhardt, o adversário acabou não errando. A parte técnica do Toldo foi ótima, mas faltou definição”, finalizou.

Foto: Bizzi Team/FIE

Postar um comentário

To Top