‘Celeiro de campeões’, Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro completa seis anos


A inauguração do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, localizado no Parque Fontes do Ipiranga, na Rodovia dos Imigrantes, Zona Sul de São Paulo, completa seis anos nesta segunda-feira, 23. O espaço, que é gerido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e é o quatro maior do mundo para atletas com deficiências, foi inaugurado às vésperas dos Jogos do Rio 2016.

Desde então, o CT tem colaborado para a formação de campeões paralímpicos, como é o caso da nadadora pernambucana Maria Carolina Santiago, 36. Dona de cinco medalhas nos Jogos de Tóquio 2020 (três de ouro, uma de prata e uma de bronze), a atleta treina no local desde 2018 e, hoje, vive na capital paulista para aproveitar toda a estrutura do espaço (veja mais no vídeo abaixo).

"Eu sou cria mesmo do CT. Desde que comecei a competir no Movimento Paralímpico foi aqui dentro que treinei, com a comissão técnica daqui, com os profissionais daqui me acompanhando. Eu me sinto muito em casa. Quando chego, eu digo: 'Meu Deus, é meu lugar'. Eu me sinto bem para realizar o que eu quiser realizar. Hoje, eu consigo simular uma competição internacional paralímpica no CT", disse a nadadora, que compete na classe S12 (para pessoas com deficiência visual).

A mesma estrutura utilizada por atletas do alto rendimento também é usada por crianças e jovens que estão no começo de suas vidas esportivas. Há quatro anos, o CT também é sede da Escola Paralímpica de Esportes do CPB, projeto que tem o objetivo de iniciar pessoas de 7 a 17 anos em uma modalidade paralímpica. Atualmente, são 11 opções: atletismo, badminton, bocha, esgrima em cadeira de rodas, futebol de cegos, goalball, halterofilismo, judô, natação, tênis de mesa e vôlei sentado.

Todas as modalidades compõem o atual programa dos Jogos Paralímpicos, estabelecido pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC, sigla em inglês). Os serviços são oferecidos gratuitamente.


Mais sobre o CT

O CT Paralímpico tem por missão desenvolver ações que possam posicionar o país entre as maiores potências esportivas do mundo. O objetivo, também, é desenvolver iniciativas que ajudem a massificar o esporte paralímpico no Brasil e auxiliar na inclusão da pessoa com deficiência em nossa sociedade.

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) tem a concessão de uso do CT Paralímpico por cinco anos, que é renovável por mais cinco temporadas. Esse direito foi conquistado por meio de processo de licitação pública junto ao Governo do Estado de São Paulo. Recentemente, o CPB manteve a certificação ISO 9001 pelo seu sistema de gestão no centro paradesportivo.

São, ao todo, 95 mil metros quadrados de área construída. O espaço tem instalações esportivas indoor e outdoor que servem para treinamentos, competições e intercâmbios de atletas e seleções em 15 modalidades paralímpicas: atletismo, basquete, esgrima, rúgbi e tênis em cadeira de rodas, bocha, natação, futebol de cegos, futebol de paralisados cerebrais, goalball, halterofilismo, judô, tênis de mesa, triatlo e vôlei sentado. Algumas dessas instalações são adaptadas para a prática de outros esportes, como taekwondo e badminton.

Além disso, o CT tem uma área residencial composta por alojamentos com capacidade para 300 pessoas, refeitório, lavanderia e um setor administrativo com salas, auditórios e outros espaços de apoio.

O espaço também comporta uma academia e a sede administrativa do CPB, na qual atuam mais de 300 profissionais de diversas áreas. Pela excelência na gestão do local, o Comitê recebeu o certificado ISO 9001, válido até o final deste ano. A certificação atesta que o CPB executa as melhores práticas de serviços de hotelaria e realização de eventos relacionados ao esporte paralímpico, de acordo com padrões internacionais de gestão no terceiro setor.

O CT, que foi o local de concentração e aclimatação de grande parte da delegação brasileira que disputou os Jogos Paralímpicos Rio 2016, também é sede de grandes competições nacionais e internacionais do paradesporto todo ano.

Foto: Alê Cabral/CPB

Postar um comentário

To Top