Cátia Oliveira conquista ouro no Aberto da França de Tênis de Mesa Paralímpico


O Aberto de tênis de mesa paralímpico da França prosseguiu nesta sexta-feira (6), em Saint-Quentin-en-Yvelines, com Cátia Oliveira mostrando mais uma vez a sua força no cenário internacional. A mesa-tenista conquistou a medalha de ouro das classes 1-2 feminina e segue forte em sua preparação para os Jogos de Paris, em 2024. O Brasil ainda comemorou outros três pódios, com Jennyfer Parinos, Joyce Oliveira e Sophia Kelmer.

Cátia começou o dia vencendo a semifinal contra tailandesa Chilchitraryak Bootwansirina, por 3 sets a 0 (11/2, 11/7 e 11/4). Na disputa pelo ouro individual, encarou e venceu a norueguesa Aino Tapola. O triunfo dourado foi por 3 sets a 1, com parciais de 11/9, 5/11, 11/6 e 11/8. A campanha rumo ao título foi incontestável, marcada por quatro vitórias e apenas um set perdido, justamente na final.

“É muito importante esse ouro”, comemorou. “Depois de quase dois anos sem disputar uma competição fator 40 e sem jogar um certame internacional desde os Jogos de Tóquio, voltei com força total”, ressaltou. A mesa-tenista ficou muito satisfeita com seu desempenho em solo francês e agora parte para a disputa de medalhas nas duplas.

Quem também chegou na decisão da sua categoria, a classe 8, foi Sophia Kelmer. Por bye, a mesatenista avançou até a semifinal onde bateu a francesa Lucie Hautiere, por 3 sets a 1 (7/11, 11/5, 11/8 e 14/12). Na decisão do ouro, acabou superada em sets diretos por Aida Dahlen, da Noruega, com parciais de 11/13, 4/11 e 7/11.

“Nossa, estou muito feliz”, descreveu a medalhista de prata. “É inacreditável o que está acontecendo e muito gratificante. Com menos de um ano que estou no circuito internacional, avancei mais uma etapa com um campeonato espetacular, onde amei o meu desempenho”, concluiu Sophia.

Jennyfer Parinos, da classe 9, terminou na segunda colocação do grupo único e ficou com a medalha de prata na França. Na manhã desta sexta-feira, foi batida em 3 sets a 0 pela turca Neslihan Kavas (9/11, 4/11 e 2/11), no jogo que definiria a campeã.

Ainda no feminino, pela classe 4, Joyce de Oliveira começou o dia vencendo Susan Bailey, da Grã-Bretanha, por 3 sets a 2 (14/12, 6/11, 9/11, 11/6 e 12/10). O resultado alçou a mesa-tenista para a semifinal, onde foi eliminada pela tailandesa Wijittra Jaion, em sets diretos (1/11, 5/11 e 10/12), ficando com o bronze.

No masculino, Israel Stroh foi eliminado na segunda fase da classe 7 pelo tailandês Chalermpong Punpoo, em sets diretos (7/11, 8/11 e 7/11). Pela mesma classe e fase, Paulo Salmin acabou superado por Bjoern Schnake, da Alemanha, após um equilibrado 3 sets a 2 (11/9, 6/11, 5/11, 12/10 e 9/11).

Foto: Acervo pessoal

Postar um comentário

To Top