Brasil chega a 126 medalhas no penúltimo dia de Rosário 2022


Os Jogos Sul-americanos da Juventude se aproximam do fim, mas o desempenho do Brasil na competição permanece em alta. No sábado, dia 7, penúltimo dia de disputas na cidade de Rosário, na Argentina, o país conquistou mais 12 medalhas e se manteve na liderança do quadro geral com 126 pódios. Foram dois ouros, no skate, com Virgínia Fortes Águas, e no atletismo, com Luisa Lopes, no salto em altura, além de duas pratas e oito bronzes.

O skate fechou sua participação com duas medalhas. O grande destaque do dia foi a niteroiense Virgínia Fortes Águas, que confirmou seu favoritismo e conquistou a medalha de ouro na prova de Street. “Essa medalha é muito importante para mim. É o meu primeiro sul-americano júnior, então tô muito feliz. É muito incrível estar vivendo tudo isso aqui”, afirmou.

No masculino, bronze para Matheus Teixeira. O gaúcho de 17 anos participou de sua primeira competição internacional. “Estar aqui e representar o Time Brasil em um campeonato me deixa muito feliz. É a primeira vez que eu viajo pra fora e já ganhar uma medalha é indescritível. É tudo uma nova experiência para mim, está sendo muito legal e estou aproveitando ao máximo”, destacou.

No atletismo, foram cinco medalhas no dia, sendo uma de ouro e quatro de bronze. A modalidade já soma 16 pódios na competição e neste domingo serão disputadas novas finais. A gaúcha Luísa Lummertz Lopes foi o destaque de sábado ao vencer a prova do salto em altura. Ela ganhou com 1,74 m, recorde pessoal e do campeonato.

Pela manhã houve a disputa do revezamento misto no triatlo e o Brasil acabou com a prata. A equipe formada por Julia Munhoz, Sophia Gomes, João Vitor Mazorca e Vinícius Santana terminou a prova em 1h17min42. O Chile ficou com o ouro com o tempo de 1h17min31s e a Argentina com o bronze em 1h17min48s. Com o resultado, a modalidade se despede de Rosário 2022 com três medalhas. Na quinta-feira, Julia e Vinicius foram os campeões das disputadas individuais.

Com uma campanha que beirou a perfeição, Stella Frias conquistou a medalha de prata na esgrima dos Jogos Sul-Americanos da Juventude. Competindo na categoria florete, a esgrimista brasileira perdeu apenas um combate em toda a campanha.

Já Beatriz Santos, do levantamento de pesos, ficou com o bronze na categoria até 55kg.

Foto: Beto Noval/COB

Postar um comentário

To Top