Bia Ferreira atropela italiana e tentará o bicampeonato mundial na categoria 60kg



Bia Ferreira conquistou nesta quarta (18), a chance de tentar o bicampeonato mundial de boxe, na categoria entre 57 e 60kg, após vencer a italiana Alessia Mesiano na semifinal do Mundial feminino, em Istambul (TUR).


A vitória foi conquistada de forma unânime. Campeã em 2019 e prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, ela irá enfrentar a norte-americana Rashida Ellis na final, que está marcada para sexta-feira, a partir das 14h, com transmissão do Canal Olímpico do Brasil.

 

Bia encaixou vários golpes de direita no primeiro round e venceu o assalto por 10 a 9 para alguns jurados e 10 a 8, para outros. No round seguinte, uma sequência de golpes da brasileira levou a árbitra a abrir contagem para Alessia, mas a contagem não chegou ao fim e o round ficou para o corner azul. 


Com o resultado garantido, Bia continuou sendo superior na luta e não aliviou para a italiana, comemorando a sua segunda final de Mundial seguida.


Na categoria 52kg, Caroline de Almeida sofreu bastante com a força dos golpes da indiana Zareen Nikhat e perdeu o primeiro round de forma unânime por 10 a 9. O mesmo aconteceu no segundo assalto, deixando a brasileira precisando de um nocaute no último round para conseguir a vaga na final.


No terceiro round, Carol chegou a sofrer uma punição e a indiana apenas comemorou a vitória que já estava garantida. A brasileira sai do Mundial com um bronze, enquanto Zareen enfrentará a tailandesa Jutamas Jitpong.


Foto: Divulgação/ AIBA

Postar um comentário

To Top