Atual campeão olímpico do pentatlo moderno afirma que se afastará da modalidade se a UIPM substituir o hipismo

O atual campeão olímpico do pentatlo moderno, o britânico Joe Choong, afirmou a agência de notícias Reuters que se afastará da modalidade caso avance o plano da UIPM de substituir a equitação por corrida de obstáculos.

A escolha feita pela UIPM, caso se concretize, acontecerá para o ciclo olímpico que terminará em Los Angeles 2028, e foi escolhida dentre 60 opções que a entidade havia cogitado para integrar o esporte.

A mudança foi motivada após inúmeras críticas depois que uma técnica alemã agrediu um cavalo que recusou-se a pular um obstáculo durante Tóquio 2020.

Choong, disse à Reuters “100% estaria parando”, se UIPM seguir em frente com a mudança. “Ao deixar de andar de cavalo, não é o mesmo esporte pelo qual me apaixonei”, acrescentou.

A UIPM disse no comunicado emitido que a escolha teve a participação de 26 atletas de 22 países.

O pentatlo moderno estreou na edição olímpica de Estocolmo 1912.

Choong disse que o conselho da entidade precisa ser sacudido, acrescentando “A liderança atual, que está no cargo há pelo menos 28 anos, não mudará de opinião. Há uma espécie de câmara de eco onde o presidente Klaus Shormann tem todos os amigos”.

“Quando eles têm uma ideia, um deles propõe algo e os outros simplesmente apoiam cegamente”.

O atual campeão olímpico finalizou dizendo que o esporte não está isento de falhas, principalmente no que diz respeito ao bem-estar dos atletas e animais, mas que o hipismo deve se manter no programa de provas.

“É uma parte tão vital”, disse ele. “Sem isso, perdemos a alma do esporte”.

Foto: Reuters/ Carlos Barria

Postar um comentário

To Top