Tatiana Weston-Webb perde primeira bateria e terá que disputar repescagem em Margaret River



A surfista brasileira Tatiana Weston-Webb iniciou nesta segunda (25), sua participação na etapa de Margaret River, na Austrália, com dificuldades e terá que passar pela repescagem. Essa etapa da WSL (Liga Mundial de surfe) é decisiva para os rumos do campeonato.


Após a etapa na costa oeste australiana, as seis piores mulheres e os 12 piores homens nos dois rankings e serão eliminados do campeonato, tendo que disputar o CS (Challenger Series) para voltar a elite do surfe. Quem se manter, poderá continuar na disputa por uma das cinco vagas na WSL Finals.


A brasileira, que é a atual campeã da etapa de Margaret e foi campeã em Portugal nesta temporada, está na sexta colocação e chegar às oitavas de final, já ajudaria ela a se garantir na segunda metade da temporada.


Tati foi para a repescagem, por ter sido a terceira da sua bateria, com 8.87 pontos, somando 5.17 e 3.70. Sua melhor onda foi simples, feita com apenas uma rasgada. Em primeiro passou a havaiana Malia Manuel (13.60) e em segundo a australiana Isabela Nichols (11.57).


Porém, as condições do mar não foram muito favoráveis e a fase de elminação ficou para esta segunda à noite no Brasil, terça na Austrália. A chamada está marcada para às 20h, com transmissão do Globoplay.


Foto: Ed Sloane/WSL


Postar um comentário

To Top