Maratonista queniana é suspensa por quatro anos por violar o código antidoping


Campeã dos Jogos da Commonwealth em 2014, a maratonista queniana Joyce Chepkirui teve a pena de quatro anos de suspensão confirmada pela Corte Arbitral do Esporte (CAS).

Chepkirui havia sido suspensa por anomalias no passaporte biológico em amostras coletadas pela World Athletics entre 2016 e 2017. O CAS aceitou a apelação da entidade, confirmando a suspensão.

A atleta também havia sido campeã dos 10.000 nos Jogos Africanos.

A suspensão da queniana é retroativa a 28 de junho de 2019 e todos os resultados da maratonista entre 6 de abril de 2016 e 4 de agosto de 2017 foram anulados.

Foto: REUTERS/Jim Young

Postar um comentário

To Top