Ibero-Americano de Atletismo tem critérios de convocação atualizados pela CBAt


O Conselho Técnico da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) atualizou os critérios de convocação da seleção brasileira para o Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, que será disputado de 20 a 22 de maio em La Nucia, na Espanha, diante do fato de que os organizadores não fixaram índices mínimos de participação.

Serão convocados os dois atletas por prova individual mais bem colocados no Ranking Brasileiro outdoor no período de 1 de janeiro de 2021 a 30 de abril de 2022. Antes o prazo se encerraria no dia 17 de abril.

O Ibero-Americano é uma competição importante porque seus resultados valem como aferição dos índices exigidos pela World Athletics para o Campeonato Mundial do Oregon, em Eugene, Estados Unidos, que será disputado de 15 a 24 de julho.

Para os revezamentos 4x100 m, a composição será prioritariamente para os atletas das provas singulares. Caso os atletas das provas de 100 m e 200 m sejam os mesmos, será convocado o terceiro e o subsequente, se for necessário, da prova de 100 m para a formação das equipes. Para o revezamento 4x400 m, a composição será realizada com os atletas convocados para as provas singulares.

Para outras provas específicas, há novas orientações. A prova de marcha atlética será, por exemplo, na distância de 10.000 m. Com isso, será utilizado o ranking combinado dos 20.000 m e 20 km, no mesmo período. A meia maratona também utilizará o Ranking CBAt da prova, de 1 de janeiro de 2021 e 30 de abril de 2022.

Foto: CBAt/Wagner Carmo

Postar um comentário

To Top