Com novos técnicos, seleções brasileiras de goalball encerram fase de treinamentos no CT Paralímpico




As seleções brasileiras feminina e masculina de goalball encerraram neste domingo (10) a quarta fase de treinamentos de 2022, nesta semana, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

Após ambas as equipes conquistarem o título do Campeonato das Américas da modalidade, também na capital paulista, as comissões técnicas das duas seleções passaram por mudanças.

Campeão Paralímpico em Tóquio e bicampeão mundial, Alessandro Tosim deixou o comando técnico da Seleção Brasileira masculina de goalball no mês passado. No seu lugar, assumiu Jônatas Castro, que vinha dirigindo a Seleção feminina da modalidade, que agora está sob o comando de Gabriel Goulart.

As alterações nas comissões técnicas provocaram modificações nos estilos de treinos das Seleções. "É uma filosofia de trabalho diferente. O professor Jônatas e sua comissão vêm com uma proposta de inovação, de adaptação de táticas e técnicas, principalmente, na questão defensiva. Quando pegarmos o 'timing' certinho, vai ser tudo de bom", disse o ala Parazinho.

Já o treinador Gabriel Goulart conversou com as oito atletas chamadas para esta fase de treinamentos. " A gente precisa entender que o goalball mudou, as equipes estão mais fortes. Precisamos saber como enganar as adversárias", pontuou.

A ala Alaine Marques foi uma das jogadoras concentradas no CT Paralímpico. Depois das primeiras atividades, ela explicou como deverá ser a adaptação ao estilo de Gabriel. "Venho trabalhando com a Seleção desde 2013. São novas táticas e novos conceitos do professor Gabriel, mas temos grandes expectativas de que dê tudo certo", afirmou.

Foto: CBDV/Renan Cacioli

Postar um comentário

To Top