United World Wrestling anuncia sanções esportivas para Rússia e Belarus


A United World Wrestling (UWW), fez um comunicado anunciando que todos os lutadores da Rússia e de Belarus estão proibidos de participar de competições organizadas pela entidade e que todas as competições que estavam previstas para esses dois países estão canceladas.

A UWW foi uma das últimas federações esportivas a se pronunciar em relação as sanções recomendadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) em resposta ao envolvimento da Rússia e de Belarus na invasão a Ucrânia.

A decisão foi tomada em uma reunião da entidade para tratar desse assunto e após o encontro, o Bureau descreve a guerra como “deplorável” e reafirmou sua missão de “promover a paz através do esporte”.

“Para preservar a segurança de todos os atletas e a integridade e justiça de todas as suas competições, como medida de reciprocidade para todos os lutadores impedidos de viajar e competir devido a esta situação, o Bureau revisou cuidadosamente e decidiu alinhar com a recomendação do COI em sua declaração de 28 de fevereiro de 2022”.

“Nesta situação deplorável, o Bureau decidiu que nenhum lutador ou oficial pertencente às federações filiadas e associadas da UWW na Rússia e em Belarus, será convidado ou autorizado a participar de competições internacionais no calendário da UWW”.

“O Bureau também aprovou o cancelamento dos torneios internacionais planejados na Rússia ou em Belarus este ano, conforme recomendação urgente do COI”.

A organização é dirigida pelo sérvio Nenad Lalovic e que conta como dois vice-presidentes russos, Natalia Yariguina e Mikhail Mamiashvili.

Embora todos os eventos nos dois países esteja proibidos, está previsto no calendário da entidade competições em Odessa em maio e em Kiev em julho.

Foto: AFP

Postar um comentário

To Top