Com medalhistas paralímpicos, Brasil estreia em competição de natação na Itália na sexta


Os nadadores brasileiros participam, a partir da sexta-feira, 11, da etapa de Lignano do World Series, circuito internacional da natação organizada pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC). Ao todo, 33 atletas brasileiros foram convocados para esta competição na Itália, que é o primeiro desafio internacional da temporada.

O formato da competição consiste em eliminatórias pela manhã, a partir das 5h, e finais à tarde, a partir das 13h, horários de Brasília.

Nesta sexta, serão disputadas oito provas individuais: 50m costas (feminino e masculino), 100m e 200m livre (feminino e masculino), 200m medley (feminino e masculino).

Além das provas individuais, o Brasil também está inscrito em seis revezamentos: 4x50m livre e medley mistos 20 pontos, 4x100m livre e medley mistos 34 pontos, 4x100m livre misto S14 (para deficientes intelectuais) e 4x100m livre misto 49 pontos (para deficientes visuais).

“Essa competição é importante para ganharmos ritmo de competição. Tivemos pouquíssimas competições nos últimos anos. Os atletas que participaram dos Jogos de Tóquio, por exemplo, não participaram de nenhuma competição com um nível técnico mais alto depois do Japão. A gente tem uma Seleção bem jovem e eles precisam ganhar experiência de eventos internacionais e essa é uma oportunidade muito boa, em uma estrutura muito boa aqui na Itália”, explicou Leonardo Tomasello, técnico-chefe da Seleção Brasileira de natação.

Dentre os convocados para esta competição, estão alguns dos medalhistas individuais nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, como Carol Santiago (classe S12), Cecília Araújo (S8), Gabriel Bandeira (S14), Gabriel Araújo (S2), Phelipe Rodrigues (S10), Talisson Glock (S6). Confira aqui a convocação da Seleção Brasileira.

Foto: Alê Cabral/CPB

Postar um comentário

To Top