Com boas lembranças, mesatenistas brasileiros estreiam neste domingo no WTT Star Contender de Doha


O WTT Star Contender terá três brasileiros em ação a partir deste domingo (27), na Lusail Sports Arena, em Doha, no Catar. Mais do que apenas uma competição do circuito mundial de tênis de mesa, Bruna Takahashi, Hugo Calderano e Vitor Ishiy estreiam com boas lembranças recentes deste torneio, no mesmo país asiático. Um bom sinal para acreditar em grandes resultados.

O brasileiro que tem as melhores lembranças é Hugo Calderano. Em setembro do ano passado, após os Jogos Olímpicos, ele venceu o WTT Star Contender neste mesmo local e colocou seu nome definitivamente na lista dos grandes campeões internacionais da modalidade. Após aquele título, ele entrou no Top 5 do ranking mundial pela primeira vez em sua carreira.

O torneio de 2021 foi a primeira vez que dois brasileiros estiveram numa fase tão avançada de um evento desta magnitude no circuito mundial. Naquela ocasião, Bruna Takahashi, que só havia chegado na fase de 32 deste tipo de competição, brilhou intensamente e alcançou as quartas de final. Seu desempenho só foi interrompido pela ucraniana Margaryta Pesotska.

O terceiro brasileiro na disputa deste ano é Vitor Ishiy. Embora ele não tenha tido um bom desempenho individual na competição do ano passado, também carrega boas lembranças, já que, ao lado de Bruna Takahashi, alcançou as quartas de final do torneio de duplas mistas, repetindo os melhores resultados conseguidos neste tipo de evento. Confiante, ele quer fazer bonito em Doha.

“Tive uma boa vitória na liga francesa e isso me dá mais confiança pro campeonato. Espero atuar no mesmo nível desses últimos jogos”, avisa o brasileiro, que defende o C’Chartres.

Estreias


Os horários de estreias dos brasileiros ainda serão divulgados pela Federação Internacional de Tênis de Mesa. Mas todos já sabem o caminho que terão de percorrer para chegarem ao objetivo traçado. Calderano, número 4 do mundo e cabeça de chave principal do torneio, fica de bye nesta etapa, estreando apenas na fase de 32.

Seu caminho está recheado de conhecidos alemães. Hugo mora em Ochsenhausen e defendeu o clube da cidade por diversas temporadas. Sua estreia será contra o vencedor do duelo entre Benedikt Duda (38° do ranking mundial) e Ruwen Filus (33°). Se passar, pode ter a oportunidade de revanche contra o alemão Dang Qiu, que o eliminou nesta semana do WTT Contender, também no Catar.

“Esse segundo torneio no Catar é um desafio interessante. A irregularidade das competições no calendário não é fácil de aprender, mas acho que o Hugo está preparado para obter aqui um resultado muito bom. Os chineses com o melhor ranking estão ausentes, mas ainda há todos os outros melhores jogadores do mundo. Deve ser uma grande luta pelo título”, destaca o técnico Jean-René Mounié.

Mesma situação vive Bruna no torneio feminino. Ela inicia na fase de 32, podendo encarar uma velha conhecida nesta etapa: a canadense Mo Zhang. No torneio individual masculino, Ishiy vai encarar um adversário vindo da fase de qualificação. Caso passe, terá um duro desafio na fase de 32 diante do esloveno Darko Jorgic, número 11 do mundo.

No torneio de duplas mistas, o sorteio não foi dos melhores para os brasileiros. Eles encaram os cabeças de chave principais nas oitavas de final, os taiwaneses Lin Yu-Ju e Cheng I-Ching, que ocupam a sexta posição do ranking mundial de duplas mistas.

Foto: WTT

Postar um comentário

To Top