Brasil conquista nona medalha no Circuito Sul-Americano de Vôlei de Praia 2021/2022


A primeira medalha internacional é um feito que fica na memória de todo atleta. No domingo (13.03), a gaúcha Carol Goerl sentiu esse gostinho ao conquistar a prata na etapa de Cochabamba (BOL) do Circuito Sul-Americano de Vôlei de Praia. Ao lado de Josi, ela chegou à final, mas as duas acabaram superadas por Ariana e Karelys, do Equador, por 2 sets a 0 (16/21 e 14/21). 

Esta foi a nona medalha de duplas brasileiras na temporada 2021/2022. A primeira etapa foi disputada ainda no ano passado, em Santiago (CHI), com ouro para George e André Stein; e bronze para Thâmela/Elize Maia. Na segunda, mais um ouro para o Brasil, com Adrielson/Arthur Mariano, em San Juan (ARG). Em Montevidéu (URU), na terceira etapa, foi a vez de Ângela e Neide conquistarem o primeiro lugar. Tainá e Victoria ganharam o título em Viña del Mar (CHI), com Bruno Schmidt/Saymon levando o bronze. Thâmela e Elize Maia conquistaram a quinta etapa, e Vitor Felipe/Renato ficaram com a prata.

“Esta primeira medalha no Circuito Sul-Americano vai ficar marcada na minha carreira. No sábado, superamos um time muito difícil da Argentina (Gallay/Pereyra), e saímos de situações complicadas, o que trouxe amadurecimento para o nosso time. Na final, enfrentamos outra equipe muito competente. Vamos levar algumas lições para casa para melhorarmos. Estou muito feliz pela medalha, ainda estamos iniciando a temporada, e tem muito por vir ainda”, contou Carol Goerl.

A dupla brasileira terminou a participação na etapa boliviana com três vitórias em cinco jogos. Para a experiente Josi, a parceria tem evoluído de forma consistente.

“Eu e a Carol estamos completando sete meses de dupla, nosso caminho está sendo construído com pé no chão e trabalho. Sabemos dos nossos pontos fortes e o quanto temos que melhorar. Sou muito grata à equipe por ajudar a me manter em alto nível, e à minha parceira, por aceitar todos os desafios”, disse Josi.

Pelo torneio masculino o Brasil foi representado por Mateus Dultra e Gabriel Zuliani, que terminaram na quinta posição. No Circuito Sul-Americano, as duplas somam pontos para o país, e o Brasil lidera o ranking feminino e está em segundo no masculino. O torneio final, que reúne os melhores países da temporada, está marcado para Uberlândia (MG), de 13 a 15 de maio.

Foto: Sergio Vargas/Luigi Orgero

Postar um comentário

To Top