Nicole Silveira fica em 13º lugar no skeleton; Hannah Neise leva o ouro

Nicole em cima do trenó. O foco central da imagem é o capacete da brasileira com um desenho de uma arara

Nicole Silveira encerrou a sua participação nos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022 com um 13º lugar no skeleton feminino. A atleta conseguiu uma das melhores colocações da história do Time Brasil em Olimpíadas de Inverno. O ouro da prova ficou com Hannah Neise da Alemanha

A brasileira havia ficado em 14º lugar no primeiro dia da competição com um tempo total de 2:05.53 - 1.79 atrás da australiana Jaclyn Narracott que liderou após as duas primeiras descidas. Na terceira tomada de tempo, já neste sábado (12), Nicole fez um tempo de 1:02.55, ficando na 15ª posição com 3:08.08

As 20 primeiras colocadas participaram da quarta e última descida. Nicole Silveira desceu a pista pela última vez e fez seu melhor tempo: 1:02.40, terminando com um total de 4:10.48. A brasileira melhorou mais duas posições, terminando em 13º lugar. Este é o segundo melhor resultado do Brasil em Jogos Olímpicos de Inverno, ficando atrás apenas da nona posição de Isabel Clark no snowboard cross em Turim 2006.

Nicole Silveira empurra o trenó na largada. Ela veste uma malha verde, azul e amarela e um capacete com o desenho de uma arara
Nicole no início de uma das descidas - Foto: Vietrus Lacis/IBSF
A vitória no skeleton foi de Hannah Neise da Alemanha com um tempo total de 4:07.62. A australiana Jaclyn Narracot ficou com a medalha de prata (4:08.24) e Kimberley Bos dos Países Baixos levou o bronze (4:08.24).

Na terceira descida, Hannah Neise assumiu após quebrar o recorde da pista de Yanqing com 1:01.44. No total, ela ficou 14 centésimos na frente de Narracott, que também havia quebrado o recorde da pista antes da descida da alemã.

Hannah Neise da Alemanha - Foto: Vietrus Lacis/IBSF
Na bateria final, Nise foi a mais rápida e manteve a primeira posição para ganhar o sexto ouro da Alemanha nos esportes de trenó nesta edição dos Jogos Olímpicos. Narracott continuou na segunda posição conquistando a primeira medalha da Austrália na modalidade.

Jacly Narracott da Austrália - Foto: Vietrus Lacis/IBSF
O bronze também foi inédito. Kimberley Bos coroou a temporada onde foi campeã europeia e da Copa do Mundo com o terceiro lugar, ultrapassando a campeã mundial Tina Hermann na última descida.

Kimberley Bos dos Países Baixos - Foto: Vietrus Lacis/IBSF

Fotos: Wander Roberto/ANOC

Postar um comentário

To Top