Isaquias Queiroz revela desejo de se aposentar após Olimpíada de Paris em 2024



Um dos grandes nomes do esporte brasileiro já almeja sua aposentadoria em um futuro próximo. Em  entrevista ao programa 'Esporte Espetacular' da TV Globo, o canoísta Isaquias Queiroz revelou que ele pensa em se aposentar após a olimpíada de 2024 em Paris.


"Minha vontade, hoje, não vou mentir, é de aproveitar a vida, mas ainda acredito que dá para ganhar mais medalhas. Meu objetivo é ir até Paris. Depois de Paris, aí sim, com fé em Deus, pretendo dar uma parada na carreira ou parar de vez "explicou Isaquias


Dono de quatro medalhas olímpicas - duas pratas e um bronze conquistados nos Jogos do Rio de Janeiro e um ouro conquistado em Tóquio - Isaquias admite que por conta da instidade que a canoagem exige, os atletas da modalidade tem 'vida curta' em alto rendimento. E na olimpíada, quando estará com 30 anos, poderá ser o início do seu declínio físico:


"Eu penso em parar depois de Paris por causa também da idade, mas falam que eu sou novo. Meu esporte começa novo e termina novo também. No máximo até os 30, e não chego em 2028. Já não sei, acho que já não chego..."


Mas a aposentadoria após os Jogos de Paris não é certa. Isaquias vai avaliar se continuará com condições físicas de disputar medalhas e se isso ocorrer, ele pode estender sua carreira até os jogos de Brisbane em 2032, já que seu desejo de competir e estar sempre no pódio é o que move o atleta:


"Eu tenho nível para ficar remando no Brasil até os 38 anos, por aí... mas será que vou estar ganhando medalha? Não quero manchar minha carreira, quero ser (uma carreira) de vitorioso. Por isso eu treino todo dia."


Foto: Miriam Jenske/COB

Com informações de 'Esporte Espetacular'

Postar um comentário

To Top