Grã-Bretanha expõe interesse de sediar os Jogos Olímpicos fora de Londres


O governo britânico tem dado sinais que poderá lançar novamente uma candidatura para sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, porém se realmente esse desejo se confirmar, será em uma cidade fora de Londres.

De acordo com informações, o Reino Unido está considerando uma oferta para sediar a edição na década de 2040, conforme exposto no Leveling Up White Paper, iniciativa lançada pelo primeiro ministro Boris Johnson, projetada para distribuir oportunidade de forma mais igualitária em todo Reino Unido.

A ambição de trazer a competição olímpica pela quarta vez a Grã-Bretanha, está exposta nas páginas 220 e 221 do documento.

“Á medida que nos aproximamos do décimo aniversário dos Jogos de 2012, o governo do Reino Unido está contratando a UK Sport para liderar o trabalho de viabilidade na perspectiva de trazer grandes eventos esportivos para o Reino Unido”.

“Este trabalho se concentrará em oportunidades fora de Londres, apoiando a ambição de elevar o nível de elevar o nível do Reino Unido”.

O Reino Unido já foi escolhido para sediar eventos de grande porte, incluindo o Commonwealth Games deste ano em Birmigham, Eurocopa Feminina de Futebol em nove cidades inglesas, e o Mundial de Rugby League em 18 sedes.

Outros eventos para os quais a Grã-Bretanha planeja concorrer são a Copa do Mundo de Rugby Feminina de 2025 e o Tour de France Grand Départ de 2026, com etapas na Inglaterra, Escócia e País de Gales.

Uma candidatura com a Irlanda para a Copa do Mundo de 2030 foi abandonada.

Londres é a única cidade do mundo que sediou três edições olímpicas, porém de acordo com o plano do governo é pouco provável que se lance em nova candidatura.

Entre as cidades britânicas interessadas em concorrer as Olímpiadas, estão Manchester e Glasgow, que já sediaram os Commonwealth Games de 2002 e 2014 respectivamente.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

To Top