Ester Ledecka é bicampeã do slalom gigante paralelo; Benjamin Karl vence no masculino

Ester Ledecka contornando uma bandeira azul do circuito do slalom paralelo

A thceca Ester Ledecka garantiu o bicampeonato olímpico do slalom gigante paralelo feminino. A atleta, que entrou para a história em 2018 ao ser campeã no snowboard e no esqui alpino, adicionou uma terceira medalha dourada na sua coleção com a vitória em Pequim 2022. Já na versão masculina da prova, o austríaco Benjamin Karl levou o ouro.

Ledecka vinha em uma grande fase e chegou com tudo em Pequim conseguindo o primeiro lugar na fase de qualificação. No mata-mata, a tcheca não teve muito trabalho. Ela sempre saía na frente das suas adversárias, que eventualmente caíam e não completavam na descida. 

Na final, Ledecka enfrentou Daniela Ulbing da Áustria. A austríaca aguentou mais tempo do que as demais concorrentes da tcheca, mas caiu faltando poucas curvas para o final, ficando com a medalha de prata. O bronze ficou com Gloria Kotnik da Eslovênia que superou Michelle Dekker dos Países Baixos na disputa pelo terceiro lugar.

No masculino, Benjamin Karl foi o segundo colocado na qualificação. No mata-mata, iniciou sua campanha batendo o italiano Daniele Bagozza nas oitavas e seu compatriota Alexander Payer nas quartas de final.

Na semifinal, Karl superou o italiano Roland Fischnaller que não conseguiu concluir a descida. Na decisão, o austríaco superou Tim Mastnak da Eslovênia, com 0.82 de vantagem no tempo da descida. O russo Victor Wild superou Fischnaller na disputa pelo bronze.

Foto de capa: Divulgação/Comitê Olímpico da República Tcheca/Czech Team

Postar um comentário

To Top