Encurtado, começa o revezamento da tocha dos Jogos de Pequim-2022

Yao Ming com a tocha olímpica de Pequim-2022

Começou nesta quarta-feira (02), o revezamento da tocha olímpica dos Jogos de Pequim-2022. Devido ao aumento de casos de Covid-19, ele foi reduzido a três dias e passará apenas pelos locais de competição. 


A tocha começou passando por Pequim, sendo acendida pelo vice-primeiro-ministro chinês Han Zheng e depois foi dada à Luo Zhihuan, de 80 anos, ex-patinador de velocidade e primeiro chinês campeão mundial em um esporte de inverno. 


O revezamento ainda contou com a presença do ex-jogador de basquete e presidente da federação chinesa, Yao Ming e um soldado chinês, ferido em batalha na fronteira com a Índia em 2020.


A chama olímpica passará por pontos famosos, como a Muralha da China e apenas pessoas selecionadas podem acompanhar sua passagem. Nesta quarta, o último ponto foi o Big Air Shougang, uma antiga siderúrgica que foi reformada para receber as provas de esqui big air e snowboard big air. O revezamento se encerra na sexta, quando a pira será acendida no Ninho de Pássaro.


Foto: Yew Lun Tian/ Reuters

Postar um comentário

To Top