COI pede a federações que cancelem eventos na Rússia e em Belarus

Arcos olímpicos

O Comitê Olímpico Internacional pediu nesta sexta (25) à todas as suas federações afiliadas, que não façam eventos na Rússia e em Belarus, em razão da guerra contra a Ucrânia. 


O pedido foi feito em comunicado publicado no site do comitê e pede que as federações levem em conta, o desrespeito da trégua olímpica cometido pelos dois países e ainda clamou que elas prezem pela segurança dos atletas.


Sem eventos planejados para acontecer nos dois países, a entidade máxima do esporte olímpico ainda pede que as bandeiras de ambas as nações não sejam hasteadas nas competições e que seus hinos não sejam tocados, inclusive nos eventos na qual a Rússia não sofreu com o banimento pelo sistema estatal de Doping.


Ao final do comunicado, o Comitê Olímpico diz apoiar o Comitê Paralímpico Internacional (IPC) na realização dos Jogos Paralímpicos de Inverno. Ainda não se sabe se Ucrânia e Rússia, que competirá como Comitê Paralímpico Russo (RPC), estarão no evento.


A ATP (Associação de Tenistas Profissionais) mudou um torneio de São Petersburgo para Nur Sultan, no Cazaquistão, e a FIS (Federação Internacional de Esqui) cancelou torneios, assim como a UEFA retirou a final da Liga dos Campeões do país e a Formula 1 suspendeu o grande prêmio local. Na direção inversa, a FIVB (Federação Internacional de Vôlei) mantêm o Mundial masculino para o país. 


Foto: Denis Balibouse/ Reuters

Postar um comentário

To Top