COI aprova programa olímpico dos Jogos de 2028 com a presença do surfe e do skate e ameaça o futebol

Pedro Barros na disputa do skate em Tóquio

Na sessão do Comitê Olímpico Internacional (COI) que está sendo realizada em Pequim, a entidade confirmou a aprovação do programa olímpico para os Jogos de 2028, que serão disputados em Los Angeles (USA).

Foram confirmadas as inclusões do skate, do surfe e da escalada esportiva, esportes que tiveram boa repercussão nos Jogos de 2020, disputados em Tóquio no ano passado.

Em compensação, boxe, levantamento de pesos e pentatlo moderno continuam ausentes do programa de 2028, entretanto ainda podem retornar, desde que atinjam determinados objetivos. O boxe precisa demonstrar que a IBA (Associação Internacional de Boxe) conseguiu resolver os problemas de governança e nos julgamentos das lutas, em que foram confirmadas manipulação de resultados no Rio 2016.

O levantamento de pesos precisa resolver o histórico problema do doping, enquanto o pentatlo moderno ainda busca uma substituição para o hipismo, após o caso de maus tratos nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Futebol sob ameaça


O COI também publicou nesta quinta-feira (3) um comunicado sobre a situação do futebol, ameaçando a presença do esporte em 2028.

A entidade disse que está monitorando o calendário internacional de futebol para manter o esporte nos Jogos daqui a seis anos. A mensagem é um aviso a Federação Internacional de Futebol (FIFA), que está tentando seguir com o plano de realizar Copas do Mundo de dois em dois anos.

Membros do COI dizem que uma Copa a cada dois anos iria impactar negativamente nos Jogos Olímpicos e nos demais esportes olímpicos.

Gianni Infantino, presidente da FIFA e membro do COI, não está presente em Pequim para a sessão.

Foto: Gaspar Nóbrega/COB

Postar um comentário

To Top