Brasil começa a se acomodar na Vila dos Atletas para os Jogos Paralímpicos de Inverno

Vila de Zhangjiakou

Debaixo de um frio de -5º C, a delegação brasileira dos Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim-2022 começou neste domingo (27), a chegar na Vila dos atletas e puderam conhecer as instalações e conversar com os atletas de outras nacionalidades.


“Chegamos na tarde do sábado [ na Vila, ainda estamos conhecendo tudo. Consegui dar um passeio após o jantar, a iluminação está muito bonita, a Vila é sensacional. De manhã também circulei, tentamos entrar em todas as lojas, a sala de jogos, a academia é excelente, estrutura incrível”, disse Cristian Ribera, em sua segunda participação em Jogos de Inverno e candidato a primeira medalha brasileira em esportes de inverno.


A delegação do Brasil está nos 12 apartamentos do 2º andar do prédio da Vila Paralímpica encravada nas montanhas de Zhangjiakou, sede do snowboard e do cross country, os únicos esportes nos quais o país se classificou.


“Muitas coisas aqui dentro da Vila, um parque de jogos para os atletas, convivência com todos, claro, cumprindo todos os protocolos, eu tenho curtido bastante. Antes dos Jogos de Pequim eu estava muito ansioso para estar aqui, agora que está vindo tudo à minha mente”, disse Robelson Lula, do cross country. 


“A vila é o máximo, legal demais estar aqui, sensação de dever cumprido. Posso adiantar que estou um pouco ansioso para começar a esquiar, de estar na pista, disputando as provas”, contou Wesley Vinícius do Santos, que completará 24 anos durante os Jogos, no próximo dia 11.


A delegação estará completa na terça, quando o snowboarder André Barbieri desembarcar na China. Ele deveria ter chego junto com o resto do time Brasil, mas um teste inconclusivo de Covid-19 atrasou a sua entrada em território chinês em três dias.


Com a maior delegação verde e amarela da história, os Jogos começam no dia 4 de março e terminam dia 13 e o CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro) promete divulgar um dia antes da abertura, o nome dos porta-bandeiras brasileiros na Parada das Nações.


Foto: Ale Cabral/CPB

Postar um comentário

To Top