Atletas ucranianos de diversas modalidades pedem ao COI a suspensão da Rússia e de Belarus

Símbolo do Comitê Olímpico Ucraniano

Atletas de diversas modalidades do esporte ucraniano, enviaram neste domingo (27) ao Comitê Olímpico Internacional (COI), uma carta pedindo a suspensão imediata de Rússia e Belarus, o que afetaria diretamente a Paralimpíada de Inverno, com início na próxima sexta (4).


A carta é bem clara e diz a entidade máxima do movimento olímpico, que não tomar atitude é sucumbir aos interesses russos. Ela também fala da união da comunidade olímpica ucraniana, cita que há atletas tendo que procurar abrigos anti-aéreos e pede unidade do COI e do IPC (Comitê Paralímpico Internacional) para se solidarizar com a Ucrânia.


Mais cedo, o IPC afirmou que irá tomar uma decisão sobre a participação dos atletas russos na Paralimpíada, no dia 2, na quarta feira. 


Assinaram a carta, atletas do skeleton, bobsled, luge, natação, tênis, ginástica, biatlo, esgrima, wrestling, boxe, esqui e ciclismo. O documento contou com apoio de instituições de outros países e de alguns atletas russos.


Leia um trecho da carta: 


"Se o COI e o IPC se recusam a tomar medidas imediatas, você está claramente incentivando a Rússia e a Bielorrússia a violar a lei internacional e sua própria carta. Sua falha em reagir emite uma mensagem a todos os atletas e ao mundo, indicando que você está escolhendo a favor dos interesses russos e bielorrussos, e não a favor dos atletas. Suas ações hoje serão seu legado. Não se engane, os atletas ucranianos estão unidos neste chamado e tem sido um grande desafio falar com eles enquanto procuram garantir sua segurança em abrigos antiaéreos".


Foto: Divulgação/ Comitê Olímpico Ucraniano

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top