Russo detentor de três medalhas olímpicas no vôlei morre aos 52 anos


Detentor de três medalhas em Jogos Olímpicos, morreu na última sexta-feira (31/12), em Moscou (RUS), o ex-jogador de vôlei russo Vadim Khamuttskikh.

Khamuttskikh, segundo o comunicado da Federação Russa de Vôlei, teria morrido de uma parada cardíaca aos 52 anos.

O ex-levantador disputou 237 jogos oficiais pela Rússia, pela qual ganhou três medalhas olímpicas, uma de prata (2000) e duas de bronze (2004 e 2008), e ainda um título Mundial, conquistado em 1999.

O seu currículo ainda contava com duas vitórias na Champions League de vôlei, ambas pelo Lokomotiv Belgorod (2002/03 e 2003/04), e sete títulos de campeão russo.

Nas últimas seis temporadas, Khamuttskikh foi treinador do clube de Belgorod, cidade que fica a 700 quilómetros ao sul da capital russa, onde se notabilizou como jogador e para onde regressou após terminar a carreira — e que em 2011 mudou de nome para Belogorie Belgorod.

Foto: Divulgação

0 Comentários