Lenda do remo, Hamish Bond anuncia aposentadoria do esporte


Hamish Bond, remador neozelandês e tricampeão olímpico, anunciou sua aposentadoria do esporte na quarta-feira (26).

O atleta encerra sua carreira como um dos atletas mais premiados da modalidade, tendo conquistando o ouro em Londres 2012 e Rio 2016, no dois sem com o companheiro Eric Murray e em Tóquio 2020 liderou a equipe da Nova Zelândia no oito com.

Bond foi o primeiro atleta do país a conquistar três medalhas de ouro olímpicos em três edições consecutivas e também tem no currículo oito títulos mundiais.

O atleta de 35 anos declarou que a algum tempo sabia que era o momento certo para encerrar a carreira.

“É estranho dizer que estou me aposentando, mas me sinto sortudo por estar indo embora enquanto estou no topo do esporte”.

“Remar durante a maior parte da minha carreira me definiu com pessoa, agora tenho minha família e outras prioridades e parece o movimento certo a fazer”.

Bond diz que considerou desistir de Tóquio 2020, porém graças a sua esposa Lizzie, se manteve no esporte e foi premiado com o ouro olímpico.

“Os últimos anos foram desafiadores para todos, não apenas para os atletas, e houve momentos em que considerei seriamente encerrar a carreira, Estava exigindo cada vez mais disciplina mental para continuar e eu podia sentir minha fome para treinar diminuindo. Foi Lizzie quem me deu um chute e disse “não, você não vai acabar com as assim” e eu realmente precisava disso para continuar e terminar minha carreira esportiva da maneira certa”.

O Foco agora de Bond é a família.

“Meu foco principal é a família e ser pai nos próximos tempos e apenar trabalhar no meu próximo passo. Vou aproveitar o meu tempo e aproveitar o verão com minha família”.

Hamish Bond debutou em um edição olímpica em Pequim 2008, onde competiu no quatro com e terminou em sétimo lugar. No ano seguinte juntou-se a Murray, formando uma dupla vitoriosa, que conquistou 69 vitórias consecutivas incluindo duas edições olímpicas e sete campeonatos mundiais.

Após o Rio 2016, o atleta deu uma pausa na carreira e aventurou-se no ciclismo, tendo conquistado bronze nos Jogos da Commonwealth, na modalidade contrarrelógio, na edição de Gold Coast, em 2018,

Em seu retorno ao remo, integrou a equipe do oito com, que após um resultado abaixo do esperado do mundial de 2019, onde a equipe ficou em sexto lugar, deu a volta por cima em Tóquio 2020, numa final emocionante decidida nos 500 m finais.

Foto: Photosport

Postar um comentário

To Top