Guia Pequim 2022 - Hóquei no gelo


FICHA TÉCNICA

Local de disputa: Centro de Esportes de Wukesong e o Estádio Nacional Indoor
Período: 04/02 a 20/02
Delegações participantes: 13
Total de atletas:  300 (masculino) e 230 (feminino)
Brasil: Não se classificou

O hóquei no gelo é disputado entre duas equipes de seis jogadores em uma pista de gelo de 60x30m. Calçando patins e usando tacos (sticks) , o objetivo é colocar o disco (puck) na baliza do adversário. 

O esporte surgiu no Canadá como um derivado do hóquei na grama no século XIX durante algum inverno rigoroso no país. Os primeiros jogos, de caráter informal, foram realizados por soldados britânicos em Kingston, Ontário, e Halifax, Nova Escócia, sobre espelhos de água congelados, como rios e lagos, durante o rigoroso inverno canadense. 

Em 1883, o Hóquei fez parte do festival de inverno de Montreal, o que fez o esporte ganhar reconhecimento no país, com várias equipes foram criadas. Em 1898, o então Governador Geral do Canadá, Lord Stanley of Preston (cujos filhos eram fãs de hóquei), compareceu ao festival de Inverno, e ficou muito impressionado com o esporte, tanto que achou que deveria existir um troféu para a melhor equipe de hóquei, e Stanley doou um troféu de prata, que seria dado todo os anos à equipa vencedora do Canadá, a Stanley Cup, taça que passou a ser dada posteriormente ao campeão da NHL, principal liga de hóquei no gelo no mundo com equipes do Canadá e Estados Unidos, criada em 1917.

O hóquei no gelo é um dos poucos esportes de inverno que fez parte dos jogos de verão, fazendo parte do programa olímpico em Antuérpia em 1920. E desde a primeira edição dos jogos de inverno em Chamonix em 1924, o Hóquei esteve presente. 

Equipe canadense que ganhou o ouro em Antuérpia-1920 - Foto: Winnipegfalcons.com
A partir dos Jogos de Nagano, em 1998, os jogadores profissionais da NHL passaram a disputar os Jogos Olímpicos, o que durou até os Jogos de Sochi-2014. Em Pyeongchang-2018 a liga não liberou os seus jogadores e agora em Pequim eles estariam de volta, mas por conta da pandemia de covid-19, a NHL vetou novamente a participação deles . Já o feminino estreou apenas nos Jogos Olímpicos em 1998, 74 anos depois da estreia do masculino.

No masculino, o Canadá é o país com mais medalhas, com 16, sendo nove de ouro. Já os russos, se juntarem os ouros da União Soviética (7), Equipe unificada (1) e Atletas olímpicos da Russia (1), também chega aos mesmo nove dos Canadenses. Estados Unidos e Suécia com dois ouros, Grã Bretanha e República Tcheca com um cada são os outros países com títulos olímpicos na modalidade.

O Canadá também lidera no feminino, com quatro conquistas, contra duas dos Estados Unidos.

COMO É A DISPUTA

O jogo consiste em duas equipes com seis atletas (Um goleiro, dois defensores e três atacantes - dois alas e um central) se enfrentando em 3 tempos de 20 minutos, separados por dois intervalos de 20 minutos. Persistindo um empate, é disputada uma prorrogação disputada no sistema de 'morte súbita', quem marcar primeiro vence a partida. Persistindo o empate, são disputados os shootouts, onde o jogador parte do meio da quadra para tentar marcar o gol no goleiro. 

O vencedor no tempo normal ganha 3 pontos; O vencedor na prorrogação ganha 2 pontos e o perdedor ganha 1 ponto.  As substituições são feitas naturalmente, sem a necessidade da autorização do árbitro para que elas aconteçam.

O National Indoor Stadium foi sede das ginásticas artísticas e de trampolim e do handebol na Olimpíada de 2008. Agora, a arena será uma das sedes do hóquei no gelo - Foto: Lu Wenao/GT
Em Pequim-2022, o torneio masculino terá 12 equipes, divididas em três grupos. Os líderes de cada grupo e o melhor segundo colocado avançam direto para as quartas de final, com os outros oito times disputando um play-off.

No feminino, são 10 seleções classificadas, divididas em dois grupos. O grupo A tem as cinco melhores equipes do ranking mundial, com as demais no grupo B. Todas as seleções do grupo A avançam para as quartas de final, com a primeira fase servindo apenas para definir o chaveamento. Já no grupo B, apenas as três primeiras equipes passam para o mata-mata.




O BRASIL NO HÓQUEI NO GELO


O surgimento de pistas de gelo no Brasil a partir da década de 1960 estimulou a prática do hockey no Brasil. A partir dos anos 1980, com a popularização do hóquei in-line - com patins de rodinhas - e a diminuição das pistas de gelo, os atletas e clubes existentes migraram para as quadras e só em 2014 que o Brasil voltou a ter equipe de Hóquei no gelo participando de competições, o Pan-americano de seleções. O Brasil desde então participou de todas as edições do torneio, inclusive conquistando uma medalha de bronze em 2015, maior feito do país no hóquei no gelo até então. 

Equipe brasileira bronze no Pan-Americano de Hóquei no Gelo de 2015 - Foto: Divulgação/CBDG

DESTAQUES


MASCULINO

Comitê Olímpico Russo

Russos comemoram o ouro em Pyeongchang-2018 - Foto: Valery Sharifulin/TASS
Em mais uma olimpíada sem poder usar o nome do país, os russos tem mais uma vez o favoritismo. Com os países sem poderem usar os jogadores da NHL, a KHL( Liga Russa de Hóquei) a segunda liga mais forte do mundo será a fonte dos jogadores que irão a Pequim. Em Pyeongchang-2018, os russos superaram a Alemanha na final para faturar o ouro e eles esperam que isso se repita na China.

Canadá 

Eric Staal estava na equipe que foi ouro em Vancouver-2010 e volta aos Jogos Olímpicos 12 anos depois - Foto: Ryan Remiorz/The Canadian Press
Os criadores do esporte, mesmo sem poder usar os jogadores da NHL, podem sim brigar pela medalha. ‘Pinçando’ jogadores que atuam na Europa,  que jogam a AHL - Espécie de Liga de desenvolvimento da NHL - e universitários, o Canadá formou um elenco que tem bastante qualidade para brigar pelo pódio. A prova de que isso é possível veio na última edição em Pyeongchang. Eles usaram essa fórmula e terminaram com o bronze. 

Finlândia

Esporte bem popular no país, e com liga forte, os finlandeses têm boas chances de brigar pelo pódio. No último mundial, eles foram vice-campeões, perdendo apenas no tempo extra para o Canadá com apenas dois jogadores que atuavam na NHL, um indício que eles tem time para chegar no pódio.

Lance do jogo Alemanha x Finlândia no Mundial de 2021 - Foto: André Ringuetti/HHOF-IIHF Images

Alemanha

Prata em Pyeongchang, a seleção alemã tem um trunfo a seu favor - Com poucos jogadores atuando na NHL, tem uma base que atua junto há anos, base esta que fez a equipe parar apenas nos russos na final olímpica. Apesar do fator surpresa ter acabado, a força do conjunto pode fazer a diferença novamente


FEMININO

Estados Unidos

Atletas dos EUA posam com suas medalhas de ouro dos Jogos de Pyeongchang- Foto: David E. Klutho/USA Today Sports
Após impedir o penta olímpico das canadenses, as estadunidenses vem com um pouco mais de favoritismo para Pequim por ter sido mais constante do que as rivais durante o ciclo. Mas nada que garanta o ouro, já que a decisão do ouro deverá manter

Canadá

Seleção canadense ouro em Sochi-2014 - Foto: Divulgação/Hockey Canada
As canadenses sentiram o baque após perder o ouro em Pyeongchang e tiveram que se recuperar para voltar ao protagonismo no hóquei no gelo. Em 2019, perderam na semifinal para a Finlândia e ficaram com o bronze no campeonato mundial. Em 2021, o Canadá retomou sua hegemonia em uma final tensa contra os Estados Unidos. E se não houver outra zebra, esse deve ser o grande duelo em Pequim. 

Finlândia

Finlandesas Vivvi Vainikka e Elisa Hlopainen comemoram gol na final do Mundial de 2019 - Foto: André Ringuetti/HHOF-IIHF Images
Após o momento histórico no campeonato mundial de 2019, onde venceu o Canadá na semifinal e perdeu o título nos shootouts (disputa de pênaltis do Hóquei) para os Estados Unidos, a Finlândia sonha em surpreender de novo e ser a primeira seleção europeia na final feminina desde a Suécia em Turim-2006.

CALENDÁRIO


03/02 a 08/02 - primeira fase - feminino
11/02 e 12/02 - quartas de final - feminino
14/02 - semifinais - feminino
16/02 - disputa do bronze - feminino (08h30)
17/02 - final - feminino (01h10)

09/02 a 13/02 - primeira fase - masculino
15/02 - playoff - masculino
16/02 - quartas de final - masculino
18/02 - semifinais - masculino
19/02 - disputa do bronze - masculino (10h10)
20/02 - final - masculino (01h10)

Postar um comentário

To Top